A Atrofia Muscular Espinhal (AME), em resumo, é uma doença neuromuscular que se caracteriza pela degeneração e perda dos neurônios motores, levando à atrofia muscular. Na Paraíba são cerca de 40 portadores. Entre eles está Laissa Polyanna, de 12 anos, conhecida como “Laissa Guerreira”. Ela é uma ativista mirim incansável e sua luta em defesa dessas pessoas já obteve conquistas importantes. Como reconhecimento, a pequena guerreira vai receber a Medalha de Honra ao Mérito Municipal.

A sessão especial para entrega da Medalha de Honra será na próxima quinta-feira (10), a partir das 19h00, no plenário da Câmara Municipal de Campina Grande. A homenagem parte da vereadora e presidente Ivonete Ludgério (PSD), que tem acompanhado de perto a luta incansável de Laissa e outros ativistas da AME na Paraíba há alguns anos.

Laíssa é bastante conhecida no parlamento campinense. Já participou de várias sessões, audiências públicas e tribunas livres, sempre usando a palavra com desenvoltura e precisão. A vereadora Ivonete, no ano de 2017, após conhecer a causa reuniu um grupo de vereadores e foi a Brasília pedir a liberação do medicamento Spinraza pelo Ministério da Saúde, para fornecimento gratuito através do SUS. Meses depois o medicamento, que possui um custo altíssimo, foi liberado. A vereadora recebeu o diploma “Amigos da AME” das mãos de Laissa.

Em março desse ano Laissa emocionou os senadores e o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante uma audiência na Comissão de Assuntos Sociais do Senado (CAS). Ela pediu para que o remédio Spinraza continue sendo fornecido sem interrupção a todos os portadores de AME. O Spinraza foi rejeitado pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec) em setembro de 2018. O ministro sinalizou pra a possível incorporação do medicamento para tratamento da AME subtipo 1.

Laissa Guerreira é diretora de comunicação da AMEPB, representante estudantil das crianças portadoras de deficiência, palestrante motivacional para jovens até 09 anos, youtuber, miniblogueira e idealizadora da Corrida Inclusiva em Campina Grande. Já recebeu o título de Membro Honorário pelo Instituto Nacional de Atrofia Muscular Espinhal de São Paulo; O diploma Bertha Lutz em Brasília; o Troféu Mulher Exemplo Paraíba 2018; foi escolhida para o projeto “Toda Criança é Feliz” pelo Instituto Luz Natural (Recife), além de muitas outras importantes conquistas já obtidas pela pequena guerreira.

Assessoria de Comunicação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Dinossauros de Sousa ganham máscaras para conscientizar população sobre a covid-19

Por conta da pandemia do novo coronavírus e os crescentes casos na cidade de Spusa, no Sertão paraibano, a cidade dos dinossauros ganhou destaque nas redes sociais por conta das…

UEPB convoca aprovados em Concurso para Técnico Administrativo

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas – PROGEP da UEPB, divulgou o edital de convocação de candidatos aprovados no Concurso Público de Provas, apra provimento em caráter efetivo, de vagas…