Declaradamente em seu último mandato, Luiza Erundina será a deputada mais idosa a tomar posse em primeiro de fevereiro de 2019, aos 84 anos. Ela afirmou que vai atuar em favor desse segmento.

Eleita com 176 mil votos em seu sexto mandato, Luiz Erundina confessa que pensou em se aposentar, mas foi convencida a tentar o pleito mais uma vez. Para ela, sua atuação pode servir de exemplo de que nem sempre ser idoso é sinônimo de doença ou incapacidade.

“E esse mandato eu quero fazê-lo muito voltado para esse segmento, na defesa dos direitos desse segmento”, informou. Erundina promete fazer pressão por políticas públicas voltadas aos idosos. “Eu acho que meu papel na política foi desde sempre mostrar que minha atuação pode ser uma referência de alguma forma”, completou.

Pacificação
A paraibana ganhou destaque nacional ao ser eleita a primeira prefeita de São Paulo, em 1988, pelo PT, disse ainda que está preocupada com a onda de ódio que tomou conta da população nos últimos anos e afirma que focará sua atuação em um trabalho de pacificação e de educação política.

Em março de 2016, após 19 anos, Erundina deixou o PSB, que apoiou o impeachment da presidente Dilma Roussef e se filiou ao PSOL durante a janela partidária, mantendo seu mandato.

 

Agência Câmara

Foto: Agência Câmara

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Com fim do mandato de Dodge, Bolsonaro avalia indicações para PGR

O primeiro mandato de dois anos da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, termina no dia 17 de setembro. A renovação do mandato de Dodge pelo mesmo período ou a escolha de um…

SOS Transposição: padre Djacy elege RC ‘o porta voz do povo sofrido”

Padre sertanejo, conhecido por seu envolvimento nas causas sociais, sobretudo na luta pela água para a região Nordeste, o pároco Djacy Brasileiro também está engajado na campanha encabeçada pelo ex-governador…