Por pbagora.com.br
Em nota divulgada nesta quarta-feira (17), o GAECO informou que após denúncias esteve no imóvel que pertence a Coriolano Coutinho na cidade de Bananeiras a fim de verificar “se o imóvel estava sofrendo alguma subtração ou sendo dilapidado, bem como se os investigados (que estão submetidos a medidas cautelares) nele se encontravam, pois, caso estivessem, estariam descumprindo a decisão”.
Ainda na nota, o GAECO diz que o imóvel está sequestrado pela justiça, não podendo o “suposto proprietário” dele dispor.
Confira na íntegra
NOTA DO GAECO/MPPB – aferição em imóvel sequestrado pela Justiça 
A propósito de notícias veiculadas na imprensa sobre suposta invasão de bem de denunciado na Operação Calvário, o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco/MPPB) esclarece que o imóvel em questão (área localizada em Bananeiras) está sequestrado pela Justiça, logo à disposição desta e o suposto proprietário não pode dele dispor, uma vez que o mesmo se encontra com gravame judicial (bloqueio de bem imóvel – Cautelar nº 0003378-80.2020.815.200).
O Gaeco esteve no local, após denúncia, para aferir se o imóvel estava sofrendo alguma subtração ou sendo dilapidado, bem como se os investigados (que estão submetidos a medidas cautelares) nele se encontravam, pois, caso estivessem, estariam descumprindo a decisão. 
O Gaeco lamenta que os investigados estejam usando instrumentos ilegítimos com o claro objetivo de obter um tratamento diferenciado e infundir receio nos órgãos de persecução criminal e de controle. O órgão ministerial afirma que tais ações, de forma alguma, intimidam as investigações em andamento.
PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Apesar da pressão de RC, PSB Nacional rejeita aliança com PT em JP

A decisão do PT nacional de intervir na eleição à Prefeitura de João Pessoa e determinar ontem a retirada da candidatura do petista Anísio Maia para apoiar o ex-governador Ricardo…

Secretário de Segurança Pública anuncia procedimento criminal contra delegado

O secretário de Segurança Pública da Paraíba, Jean Nunes declarou durante entrevista na tarde desta sexta-feira (18) à Rádio Arapuan FM que um procedimento criminal será instaurado para investigar a…