Por pbagora.com.br

Em meio a autorização do retorno de aulas presenciais em instituições privadas de ensino superior no município de Cabedelo, iniciado desde a última segunda-feira (28) a Secretaria Municipal de Saúde da cidade ainda contabiliza mais de 1 mil casos da Covi-19 que não tiveram a cura notificada. O alerta é do secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros que reforçou, durante entrevista nesta quarta-feira (30), sua preocupação com a decisão da gestão municipal em descumprir o decreto estadual sobre o distanciamento social por conta da pandemia do coronavírus.

“A secretaria de Saúde de Cabedelo tem mais de 1 mil casos que ainda não foram notificados a sua cura, o quantitativo de pacientes que foram recuperados nós ainda não temos em relação a Cabedelo, e outro agravante é que a cidade não dispõe de leitos de UTI e se houver uma onda de contaminados, vai sobrecarregar a rede hospitalar de João Pessoa”, ressaltou.

Medeiros destacou que a Procuradoria Geral do Estado já foi acionada no sentido de analisar quais as medidas cabíveis para contornar a atitude da gestão municipal.

“O STF já disse que município deve respeitar o  decreto estadual, então no momento que estamos ainda sobre vigilância e monitoramento e ao longo desses meses a Paraíba tenha executado as ações baseados em evidencias cientificas, o retorno as aulas presenciais é o seguimento que mais acarreta a disseminação do vírus”, alertou.

De acordo com Geraldo, o Estado está firme no propósito de só autorizar o retorno às aulas presenciais após o resultado final de um inquérito sorológico junto a dois mil lares paraibanos em que existam a convivência no mesmo teto de crianças e adolescentes juntamente com idosos ou pessoas com comorbidade.

“Somente a conclusão desse inquérito, que está em curso, é que podemos ter uma definição segura para nossa população de crianças e adultos”, concluiu.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João Azevêdo inspeciona obras em Guarabira e Caldas Brandão

O governador João Azevêdo realizou, nesta sexta-feira (30), visitas técnicas à agência da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) do distrito do Cajá e ao reservatório elevado e…

Feriado de finados pode ter comércio aberto em Campina Grande

O comércio de Campina Grande poderá funcionar normalmente na próxima segunda-feira, feriado do Dia de Finados, desde que o patrão pague o abono e conceda folga dentro do período de…