Em uma entrevista franca com os jornalistas da Folha de São Paulo, publicada neste domingo (28), o ex-governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), abriu o jogo sobre a atual relação da gestão estadual com o governo federal e revelou que, até agora, não há nenhum convênio da gestão Bolsonaro com o governo paraibano. Segundo ele, nesse quesito é ‘zero’. Os atuais convênios em andamento são os firmados ainda por gestões anteriores referentes aos governos Dilma (PT) e Temer (MDB).

“Não há nem convênio. Zero. Todas as obras que estão aqui em andamento são dos governos anteriores”, revelou.

Apesar do cenário, Azevêdo disse que acredita na articulação dos ministros para atrair investimentos para o Estado.  Ele lembrou que lá há muitos auxiliares da gestão Bolsonaro que ele têm conhecimento e sabem a forma correta como a Paraíba dá andamento aos projetos e por isso acredita que haverá possibilidade de parcerias, assim como prevê a Constituição Federal. “Aposto muito nessa possibilidade. Há diversos ministros que eu tenho relação de conhecimento de muito tempo”, avaliou.

Já sobre as recentes declarações do presidente que utilizou o termo Paraíba de forma pejorativa, João lamentou a postura do chefe do executivo federal e adiantou que não desce nem desceria a esse nível de disputa. Na ocasião, João tratou o tema como inaceitável se referindo a essa declaração preconceituosa do presidente Jair Bolsonaro (PSL) contra os gestores nordestinos.

“Eu não desço a esse nível. Essa é a grande questão. Eu não desço a esse nível de disputa”, disse.

Ainda na entrevista, Azevêdo contou aos jornalistas que só ficou sabendo da declaração de Bolsonaro quando recebeu uma declaração de Flávio Dino, governador do Maranhão, perguntando em tom de brincadeira qual dos dois seria o pior gestor. Logo depois viu a reação nas redes sociais.

A entrevista completa você confere no site da Folha de São Paulo clicando AQUI

 

PB Agora

Total
6
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bolsonaro suspende indicação de Eduardo para embaixada dos EUA

A crise do PSL e a falta de votos no Senado para aprovar Eduardo Bolsonaro como embaixador nos Estados Unidos fizeram Jair Bolsonaro suspender os planos de indicar o Zero…

Sérgio Moro autoriza envio da Força Nacional de Segurança para a PB

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou o emprego da Força Nacional de Segurança Pública em apoio ao Governo da Paraíba por um período de 90 dias.…