A Paraíba o tempo todo  |

Em 24h, PRF recupera veículo roubado na capital paraibana

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O automóvel foi recuperado em Pocinhos, agreste da Paraíba, após o proprietário registrar a ocorrência no Sinal, sistema da PRF que envia aos policiais de serviço informações de roubo ou furto de veículos cadastradas pelos usuários

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba recuperou, na manhã do último sábado (19), um veículo que havia sido roubado no dia anterior, sexta-feira (18), em João Pessoa.

Os policiais realizavam fiscalização na BR 230, no município de Pocinhos, quando deram ordem de parada a um Fiat Punto. O condutor não obedeceu a equipe policial, empreendeu fuga em alta velocidade e realizou ultrapassagens pela contramão, colocando em risco outros usuários que transitavam pela rodovia. Após alguns quilômetros de acompanhamento tático, a equipe conseguiu abordar o automóvel. Os policiais solicitaram a documentação ao condutor, que informou não possuir carteira de habilitação. Durante a abordagem, a equipe constatou que o veículo estava cadastrado pelo proprietário no sistema Sinal da PRF, que informava a ocorrência de furto do automóvel ocorrida no dia anterior, em João Pessoa, capital paraibana.

Enquanto os policiais realizavam a fiscalização, um funcionário de um posto de combustíveis próximo ao local avisou à equipe que o condutor teria abastecido o veículo e fugido sem efetuar o pagamento.

O condutor, de 33 anos, afirmou que teria saído de Petrolina, em Pernambuco, com destino a Itaporanga, na Paraíba, para entregar o veículo a um possível comprador. Informou também que conduzia o veículo a pedido de um conhecido. O homem foi detido, encaminhado para a Polícia Civil e responderá por dirigir veículo automotor sem habilitação, desobediência e receptação.

A PRF alerta sobre a importância do registro da ocorrência para a rapidez na recuperação do veículo. Qualquer pessoa que tenha seu veículo roubado ou furtado pode acessar o site www.prf.gov.br/sinal e registrar a ocorrência. Os dados são imediatamente encaminhados para os celulares funcionais dos policiais de serviço. As informações também podem ser repassadas através do telefone de emergência 191. A PRF ressalta que o registro no sistema Sinal não exclui a necessidade do registro na Polícia Civil.

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe