A Paraíba o tempo todo  |

Efraim: “Incra e Exército firmam parceria e Paraíba será beneficiada com perfuração de 97 poços”

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O Coordenador da Bancada Federal da Paraíba, o Deputado Democrata Efraim Filho, celebrou o convênio firmado entre o Ministério da Agricultura e o Exército brasileiro para a perfuração de 97 poços, e a Paraíba será beneficiada como o projeto piloto dessa iniciativa que irá contemplar Assentamentos do Incra em 19 municípios paraibanos.

Para Efraim, “nesse período de seca crítica que assola diversas regiões da Paraíba, a conquista desse convênio para a Paraíba é uma grande vitória que vai ajudar especialmente os irmãos sertanejos e de outras regiões castigadas pelo clima. Água é vida, e a chegada de um poço é motivo de muita alegria para as comunidades contempladas, especialmente assentamentos vinculados à Agricultura familiar. Agradeço ao governo federal, Ministério da Agricultura e Exército por essa parceria importante para nosso Estado”.

Já o Superintendente do Incra na Paraíba, Kleyber Nóbrega, afirmou que “Pela primeira vez na história se firma uma pactuação desta natureza. A Ministra Tereza Cristina, o Comandante do Exército representado pelo General Arruda e o presidente do INCRA Geraldo Filho estiveram presentes e ressaltaram essa importante iniciativa do governo do Presidente Jair Bolsonaro. E foi uma grande articulação da bancada federal paraibana junto com o Incra para trazer essa conquista para a Paraíba.”

As 19 cidades contempladas serão Bananeiras, Monteiro, Barra de Santa Rosa, Catolé do Rocha, Solânea, São Mamede, Várzea, Prata, Capim, Coxixola, Cacimba de Dentro, São Sebastião do Umbuzeiro, Cubati, Damião, Lastro, Mogeiro, Riachão do Poço, Salgado de São Félix, São José da Lagoa Tapada. As perfurações de poços devem iniciar a partir do mês de outubro, segundo o cronograma apresentado no plano de trabalho pelo Incra.

Da Redação com Assessoria

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe