Na divisão interna do PSB, os aliados estão se vendo forçados a escolher entre duas forças: o ex-governador Ricardo Coutinho e o atual governador João Azevêdo. Para o Democratas (DEM), do deputado federal Efraim Filho, a sigla já tem sua decisão e acompanhará o gestão de João Azevêdo.

Com base na movimentação política atual e visando as eleições dos próximos anos, as legendas aliadas ao PSB vivem a expectativa de uma possível debandada do partido socialista caso João Azevêdo mude de legenda. Aliado político do PSB, o DEM já lembrou que possui um compromisso com o governador. “O Democratas compõe o Governo. Contribui com ele, com o secretário Efraim Morais. João tem demonstrado dialogo e capacidade de aglutinar”, destacou Efraim Filho.

Para o parlamentar, o ex-governador fez sua opção e isso deve ser respeitado, no entanto, na política é preciso ter coerência e, já que a sigla compõe a gestão estadual, nada mais justo que continuar na gestão. “Ricardo fez opções e a política é escolher lado”. “E o nosso lado é ao lado de João Azevêdo”, ressaltou.

OUÇA

 

PB Agora

Total
4
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vigilante é baleado na cabeça após ser confundido com bandido em CG

Na manhã deste sábado (14), um vigilante de 27 anos, morreu no Hospital de Trauma de Campina Grande após uma ação da Polícia Militar na Rua 15 de Novembro, no…

Litoral da Paraíba tem três praias impróprias para banho; veja

Neste final de semana, o Litoral da Paraíba tem três praias impróprias para banho com trechos distribuídos em João Pessoa. As informações são do relatório divulgado pela Superintendência de Administração…