Por pbagora.com.br

A Delegacia de Polícia de Santa Rita, na Grande João Pessoa, recebe diariamente várias queixas sobre furtos a residências, mas esta semana os policiais da 6ª DD ouviram queixas de vítimas de outro tipo de crime: roubo de cabelos. Um casal está se passando por representante de empresas de produtos de beleza e roubando cabelos de mulheres durante a demonstração da eficácia do material. O roubo mais recente ocorreu no distrito de Odilândia, em Santa Rita.

Uma das vítimas tem 30 anos e era admirada pela beleza dos seus cabelos. Esta semana, ela recebeu a visita do casal e aceitou que fosse usado material de tratamento de cabelo. A vítima recebeu o casal na sala e a mulher passou a manusear seu cabelo na presença do marido. Por alguns minutos, o marido saiu para pegar o filho na casa de um parente, então a mulher aproveitou para cortar com uma navalha grande quantidade de cabelo na parte central da cabeça. O cabelo foi entregue ao comparsa e somente após a saída do casal foi que a mulher percebeu que parte do seu cabelo havia sido roubado.

Lábia para atrair vítimas

Ao descobrir o roubo de parte do seu cabelo, a mulher desesperou-se e procurou a polícia, então foi informada que o casal já havia praticado o mesmo tipo de crime no distrito de Lerolândia, também em Santa Rita. A vítima mais recente não cortava o cabelo há mais de dois anos, por isso ele já passava da cintura. Pelo relato das vítimas, o casal chega de carro e se apresenta com uma boa conversa, oferecendo produtos que deixariam os cabelos das mulheres bem cuidados por um longo período.

Vergonha de sair na rua

Uma das vítimas do casal disse que ficou com muita vergonha porque a mulher fez um buraco no seu cabelo. “Eu não deixava ninguém mexer no meu cabelo e agora acontece uma coisa dessa”, afirma a mulher, que não quis ser identificada. A mulher disse que foi um susto ver no espelho seu cabelo cortado. Na comunidade, o assunto do roubo de cabelos é muito comentado, por isso a mulher evita sair de casa porque as pessoas sempre querem saber detalhes de como aconteceu.

Comércio é movimentado

Pouca gente sabe, mas o mercado de venda de cabelos é bem movimentado. Pode ser um bom negócio se a pessoa tiver um cabelo bonito e comprido. Os cabelos mais caros são o loiro natural e os cacheados, pois são menos comuns.Os cabelos podem ser comprados em salões de cabeleireiros e até pela internet, embora isso possa dificultar algum procedimento, como na hora de colocar os cabelos, entre outras coisas que são entendidas mais por profissionais do ramo. O preço também poderá variar de acordo com o estabelecimento.

 

Correio da PB

Notícias relacionadas

Preço da gasolina terá novo reajuste; litro varia entre R$ 5,16 e R$ 5,49 em João Pessoa

Um novo reajuste no preço da gasolina será repassado nos próximos dias ao consumidor. Na capital João Pessoa, o valor do litro da gasolina segue oscilando entre R$ 5,169 (Extra…

João Azevêdo recebe ministro da Saúde Marcelo Queiroga e solicita vacinas

O governador João Azevêdo recebeu, nesta sexta-feira (16), no Palácio da Redenção, em João Pessoa, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que cumpre agenda até este sábado (17) na Paraíba,…