Após declarações em defesa do uso de camisinha, combate a intolerância e discriminação de homossexuais, princípios que contrariam os entendimentos do Vaticano, o padre, deputado e presidente estadual do Partido dos Trabalhadores na Paraíba, Luiz Couto, está impedido de realizar atividades sacerdotais.

Segundo nota divulgada nesta quarta-feira (25) pela Arquidiocese da Paraíba, o arcebispo Dom Aldo Pagotto, suspendeu o uso de Ordem do padre Luiz Couto, até que o mesmo venha a público esclarecer e ratificar as declarações.

 
Confira a nota na íntegra

João Pessoa (PB), 25 de fevereiro de 2009

Nota Oficial

O Arcebispo da Paraíba, Dom Aldo di Cillo Pagotto, suspendeu do uso de Ordem o padre Luiz Couto. Ele está impedido de realizar atividades próprias de um sacerdote, como celebrar missas. Abaixo seguem as explicações de Dom Aldo:

“Na edição do dia 25 de fevereiro de 2009, A/4, Política, o Jornal O Norte divulga: ‘Padre, deputado e adversário do celibato. Favorável ao uso do preservativo, Luiz Couto combate a intolerância e a discriminação a homossexuais, contrariando o Vaticano’.

Preposto à Arquidiocese da Paraíba, vejo-me na grave obrigação de suspender o referido sacerdote do uso de Ordem em nossa circunscrição eclesiástica, porquanto, por suas afirmações sumárias, e enquanto perdurem sem retratação explícita, provoca confusão entre os fiéis cristãos, e contraria ‘in noce’ as orientações doutrinais, éticas e morais sustentadas pela Igreja Católica (Cf. Cânon 1317 CDC)”.

Ita, in fide muneribus,


+ Aldo di Cillo Pagotto, sss
Arcebispo Metropolitano da Paraíba

 

 

PB AGORA

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Divulgado resultado final do Gira Mundo Professor para Finlândia e Espanha

A Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia (SEECT), em parceria com a Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq), divulgou nesta sexta-feira (16)…

Romero assina projeto de lei que cria a Controladoria Geral do Município

O prefeito Romero Rodrigues assinou, na manhã desta sexta-feira, 16, o projeto de lei que cria a Controladoria Geral do Município de Campina Grande. Romero assinou o PL após uma…