O sonho de aprender Inglês online frustrado. Paraibanos que se sentiram lesados pela empresa English Live (antiga English Town|) que oferta cursos de Inglês, via Internet, prometem entrar na Justiça para exigir o ressarcimento por danos morais. Em uma denúncia feita diretamente ao portal PB Agora, eles garantem que a empresa efetuou algumas cobranças sem a devida autorização, e ainda colocou obstáculos para encerrar os contratos.

Um cliente, que pediu para não se identificar, relatou que no ano passado fez a inscrição parra estudar Inglês de forma online, juntamente com o seu filho. Só que por não ter conseguido se adaptar ao formato que a empresa propõe, os dois paraibanos, acabaram  não dando continuidade ao curso online. E pararam de acessar o link da empresa, mas cumpriram com o contrato, tendo efetuado todo o valor cobrado pelo curso.  
O paraibano que reside em João Pessoa confessou que ficou frustrado, visto que, na prática, o curso não dispõe das ferramentas propostas pela English Live que em sua propaganda garante aprender a língua inglesa de forma rápida.

""

Ele revelou que antes de iniciar o curso efetuou o pagamento dos 12 meses do ano, pelo cartão de crédito, conforme exigência da empresa. E após concluir o pagamento de todas as mensalidades do ano, não usou mais o sistema, tendo passado vários meses sem acessar devido a dificuldade em se adaptar à metodologia oferecida. A surpresa ficou por conta da dificuldade que a English Live colocou para encerrar de vez o contrato.

Além de colocar obstáculo, a equipe de telemarketing da empresa efetuou várias ligações, insistindo para que o contrato fosse retomado.

“Foi até uma frustração, porque não é bem aquilo que eles propõem, Eles perguntaram porque eu não estava acessando. Em uma das ligações eu disse que era porque não tinha mais interesse em renovar o contrato porque não tinha me adaptado ao sistema” relatou.

O cliente revelou que na mesma ligação o atendente propôs de forma insistente a renovação do contrato por mais um ano. Como não havia se adaptado ao sistema, e nem tinha acessado as ferramentas online do curso, mesmo tendo pago todas as mensalidades, o paraibano se recusou de forma incisiva a renovar o contrato. Ele ainda recebeu outras ligações insistindo para reativar o curso.

Para surpresa dele, dois meses após essas ligações, a empresa efetuou uma cobrança na sua fatura do cartão no valor de R$ 159,17. O valor foi debitado na conta do cliente sem a devida autorização.

O caso agora deve parar na justiça. O paraibano avisou que acionará a English Live tanto para ressarcir a quantia cobrada quanto por danos morais, em face do transtorno sofrido.
“Eu ouvi um amigo que houve algo semelhante com ele. Eu vou entrar na Justiça para poder ser ressarcido e cobrar por danos” garantiu.
A reportagem do PB Agora tentou entrar em contato com a empresa para ouvir o outro lado, mas ninguém atendeu às nossas ligações.

PB Agora

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homem morre durante pescaria, na Grande João Pessoa

O dono de uma granja, no bairro do Açude em Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa, tomou um susto na manhã desta terça-feira (22) ao encontrar o corpo de…

João Azevêdo confirma presença em Encontro de Administradores Tributários

O governador João Azevêdo confirmou presença no 2º Encontro de Administradores Tributários da Paraíba (EAT), que será realizado nos dias 7 e 8 de novembro, no Centro Cultural Ariano Suassuna,…