A presidência da Associação de Defesa das Prerrogativas dos Delegados de Polícia Civil (Adepdel-PB) divulgou nota à imprensa expressando a insatisfação da categoria pela não solução do impasse com o governo e oficializando o retorno do movimento grevista no estado;
 

Confira a nota:

Senhor DIretor-Relator,


Ao noticiarmos acerca da assembléia realizada na data de hoje no Palácio do Governo, destacamos a Vossa Senhoria que MAIS UMA VEZ NADA DE CONCRETO fora oferecido. A proposta do governo consistiu na antecipação da negociação feita em abril de 2008, ou seja, antecipação de um valor considerado apenas como reposições salariais e não ganhos reais. Dessa forma, a antecipação de algo que já estava previsto implica em NENHUM ACRÉSCIMO no salário da categoria, o que demonstra apenas descaso com a sociedade e falta de interesse na SEGURANÇA PÚBLICA.


Destacamos, por fim, que desde a deflagração do movimento, a categoria dos delegados cumpriu com todos os seus compromissos, suspendendo o movimento, retirando as faixas das delegacias, retornando o atendimento ao público e aguardando pacificamente uma contra-proposta e o que tivemos em troca?


– Ponto cortado arbitrariamente, o que necessitou uma decisão judicial determinar a devolução dos respectivos valores, não se tratando, em nenhum momento, de motivo para negociação.


– Esperamos desde o dia 16.01.2009 alguma contra-proposta real, e o que nos foi dado não passou de uma antecipação de algo garantido, ou seja: nada.
Ressalta-se ainda que os argumentos de secretário diante de outro são contráditórios, o que nos fez perder cerca de vinte dias e, consequentemente, acreditar mais uma vez em promessas.


Apenas no intuito de justificar a vocês e à sociedade que tanto nos apoiam, informamos que a categoria decidiu em retornar à greve, tendo em vista ser essa o último e único meio encontrado para sermos vistos com respeito, dignidade e valor.

Atenciosamente,
Diretoria da ADEPDEL.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Preço da passagem de ônibus em CG aumenta de R$ 3,70 para R$ 3,90

Após apontar a possibilidade de aumentar R$ 0,40, o preço da passagem de ônibus em Campina Grande subiu R$ 0,20. O valor, se pago em dinheiro, foi reajustado de R$…

Polícias ameaçam greve e terão nova reunião com João, diz secretário

Categoria não descarta possibilidade de greve Representantes das polícias Civil e Militar devem se reunir nesta quarta-feira (29) com o governador da Paraíba João Azevêdo. A informação foi confirmada pelo…