Segundo reportagem da Folha de São Paulo, divulgada nesta terça-feira (17), a delação da ex-secretária Livânia Farias teria relatado a entrega de R$ 4 milhões em espécie, dentro de caixas, na Granja Santana, onde o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) morava, em sua residência oficial.

Ela contou aos investigadores que o ex-governador não solicitava as entregas, mas era avisado dos valores. Ela disse que ele mandava colocar as caixas em um local na Granja.

Os desvios teriam totalizado R$ 134 milhões.

CLIQUE E CONFIRA A ÍNTEGRA

CONFIRA

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PRF e voluntários distribuem refeições para caminhoneiros, na PB

Em época de uma das maiores crises vivenciadas no mundo, a solidariedade ganha cada vez mais força no país. No momento em que muitos estabelecimentos comerciais estão fechados às margens…

Companhias suspendem temporariamente vôos para CG, por Covid-19

Por conta da pandemia do novo coronavírus e das medidas de prevenção para conter o avanço do Covid 19, o aeroporto Presidente João Pessoa em Campina Grande, está temporariamente sem…