Mais um alvo da Operação Calvário recorreu ao Superior Tribunal de Justiça para se livrar do mandado de prisão preventiva cumprido na última terça-feira (17). Trata-se da defesa da ex-secretária de Saúde do Estado da Paraíba, Cláudia Veras.

O jurídico protocolou pedido de habeas corpus junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) na tarde de ontem, quinta-feira (19).

Às 17h30, o processo foi distribuído por dependência à ministra Laurita Vaz. No entanto, às 17h41, outra movimentação indica que o habeas corpus ficou concluso para decisão ao ministro João Otávio de Noronha, presidente do STJ.

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Abrigo de idosos em JP lança campanha para se manter durante pandemia

A Instituição Espírita Nosso Lar, que mantém um abrigo para 42 idosos, vem enfrentando dificuldades para se manter, durante a pandemia do novo coronavírus. O asilo é uma entidade filantrópica…

Garantia Safra mais de 18.291 agricultores familiares vão receber benefício na PB

O Garantia-Safra, criado em 2002, integra o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) tem como objetivo garantir a segurança alimentar de agricultores familiares que residam em regiões sistematicamente…