Por pbagora.com.br

desA defesa do comunicador Fabiano Gomes, preso na manhã desta terça-feira (10) no âmbito da 8ª fase da Operação Calvário, alegou que o radialista está sofrendo retaliação.

De acordo com os advogados, Fabiano teria feito denúncias em seu portal de notícias contra os investigados no esquema de desvio de recursos e a citação do seu nome teria ocorrido por vingança.

A defesa ainda negou extorsão por parte de radialista e que a arma encontrada na sua casa seria do seu segurança.

Radialista deve seguir para o Presídio do Róger

O relator da Operação Calvário no Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Ricardo Vital de Almeida, determinou a prisão temporária do radialista Fabiano Gomes da Silva, pelo prazo de cinco dias. Fabiano Gomes deve ser encaminhado ao Presídio do Róger.

Além da prisão, na manhã desta terça-feira foi determinada a realização de busca e apreensão nos endereços de Fabiano Gomes, Politika Comunicação e Editorial Ltda – ME.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Estado altera expediente nas repartições públicas nos dias 8, 24 e 31 deste mês

As repartições públicas estaduais da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo terão ponto facultativo nos dias 8, 24 e 31 de dezembro. A portaria da Secretaria de Estado da…

João destina viatura de combate a incêndio e salvamento do Corpo de Bombeiros para o Cariri

O governador João Azevêdo anunciou, nesta sexta-feira (4), o envio de uma viatura autobomba tanque do Corpo de Bombeiros Militar para o Cariri. O veículo ficará na sede da Companhia…