Por pbagora.com.br

O presidente do Sindicato dos Defensores Públicos da Paraíba, Levi Borges, revelou em entrevista ao portal PB Agora que a categoria já se encontra mobilizada na luta por reajuste salarial. Segundo Levi, a categoria cobra o cumprimento da Constituição e exige que o salário inicial dos defensores públicos seja fixado em R$ 14,760.

“Formalizamos pedido de audiência com o governador José Maranhão para que possamos mostrar a ele que o Estado da Paraíba tem a obrigação de dar cumprimento à Constituição, fixando os subsídios da categoria”, disse Levi.

“Vamos apresentar uma planilha de valores de colegas de outros estados do país, para que o governador entenda que é necessária a revisão de nossos subsídios, que há quatro anos estão defasados”, declarou.

Segundo Levi Borges, até o momento o Governo do Estado não se manifestou quanto ao local e data do encontro.

“Continuamos esperando posicionamento do governo quanto à hora e local do encontro, para que possamos encontrar solução para esta questão”, completou o presidente.

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Advogado de Tyrone destaca que cliente ainda pode concorrer às eleições em Sousa

O imbróglio envolvendo a pendenga jurídica do prefeito de Sousa, Fábio Tyrone, do Cidadania, ganhou um novo capítulo nesta quarta-feira (28) após o advogado Johnson Abrantes, que representa a defesa…

Dia do Servidor Público: veja repartições públicas da Paraíba que fecham nesta 4ª

O feriado do Dia do Servidor Público é comemorado no dia 28 de outubro, mas será transferido, em alguns órgãos públicos da Paraíba, para a sexta-feira (30). Confira a lista…