Na última quarta-feira (4), na secretaria de administração do Estado, os defensores públicos se reuniram com o Secretário de Administração do Estado, Gustavo Nogueira e o Secretário de Finanças do Estado, Milton Gomes, para reivindicaram reajuste salarial.

 

Eles dizem estarem conscientes com as condições financeiras do estado, mas admitem ter o pior salário do Brasil.

 

Na próxima segunda-feira (9), haverá uma nova reunião onde Milton Gomes apresentará o levantamento das condições financeiras do estado e de quanto poderá ser o reajuste.

 

Segundo o defensor do estado, Otávio Gomes, a classe está consciente que o governo não tem condições de conceder um aumento que eles gostariam. “Sei que as condições financeiras do Estado não permitem um alto reajuste, mas também não podemos continuar recebendo um salário tão baixo”, afirma Otávio.

 

Após a reunião, a classe de defensores juntamente com o sindicato e a associação dos Defensores Públicos avaliarão a proposta do governo e caso o aumento não corresponda as suas expectativas, eles poderão iniciar greve.
 

PB Agora
 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Operação constata irregularidades em transportadoras na Grande JP

As empresas transportadoras, localizadas na Grande João Pessoa, foram alvo da 5ª etapa da operação ‘Gestores em Ação’ da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PB). Durante a operação, 15 equipes…

PRF encontra carro roubado em maio desse ano dentro de matagal

A Polícia Rodoviária Federal da Paraíba encontrou, na manhã desta sexta-feira (16), um veículo Siena, de cor prata, dentro de um matagal, próximo à BR 101, após uma ligação anônima.…