A Paraíba o tempo todo  |

Defensores Públicos da Paraíba dizem que têm pior salário do Brasil e ameaçam greve

Na última quarta-feira (4), na secretaria de administração do Estado, os defensores públicos se reuniram com o Secretário de Administração do Estado, Gustavo Nogueira e o Secretário de Finanças do Estado, Milton Gomes, para reivindicaram reajuste salarial.
CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Na última quarta-feira (4), na secretaria de administração do Estado, os defensores públicos se reuniram com o Secretário de Administração do Estado, Gustavo Nogueira e o Secretário de Finanças do Estado, Milton Gomes, para reivindicaram reajuste salarial.

 

Eles dizem estarem conscientes com as condições financeiras do estado, mas admitem ter o pior salário do Brasil.

 

Na próxima segunda-feira (9), haverá uma nova reunião onde Milton Gomes apresentará o levantamento das condições financeiras do estado e de quanto poderá ser o reajuste.

 

Segundo o defensor do estado, Otávio Gomes, a classe está consciente que o governo não tem condições de conceder um aumento que eles gostariam. “Sei que as condições financeiras do Estado não permitem um alto reajuste, mas também não podemos continuar recebendo um salário tão baixo”, afirma Otávio.

 

Após a reunião, a classe de defensores juntamente com o sindicato e a associação dos Defensores Públicos avaliarão a proposta do governo e caso o aumento não corresponda as suas expectativas, eles poderão iniciar greve.
 

PB Agora
 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe