Por pbagora.com.br

Objetivo foi coibir práticas irregulares ao que determinam os decretos estadual 40.304/2020 (plano novo normal), decreto estadual 41.086/2021 e decreto municipal 9.693/2021.

Operação conjunta do Procon Estadual da Paraíba, a Vigilância Municipal, Sedurb, Semam, Procon Municipal de João Pessoa, Bombeiros, Guarda Civil e Polícia Militar fiscalizaram durante o feriadão, entre os dias 26 de março e 3 de abril, 238 estabelecimentos localizados em 38 bairros de João Pessoa.

De acordo com a fiscalização, a maioria dos estabelecimentos estavam cumprindo o que determina os decretos. Os que não estavam foram orientados para se adequarem ou encerrar as atividades imediatamente.

64 estabelecimentos apresentaram alguma irregularidade entre os quais: estabelecimentos que não possui nenhuma barreira de proteção física nos caixas e balcões de atendimento, aglomeração de pessoas e sem distanciamento social. Estabelecimentos funcionando na modalidade Take Away, descumprindo os decretos vigentes.

9 estabelecimentos entre lojas de roupas, depósitos de bebidas, conveniências, lanchonetes, academias e lojas de decorações, foram obrigados a encerrarem as suas atividades por estarem descumprindo os Decretos Estadual 41.120/2021 e Municipal 9.699/2021.

Na última sexta-feira (2) uma denuncia de aglomeração flagrou uso de paredão na rua Jandui Dantas do Nascimento em Mangabeira, houve a intervenção da Sudema, Polícia Militar, Sedurb e Guarda Municipal que encerrou imediatamente as atividades.
A fiscalizou passou nos bairros de Aeroclube, Água Fria, Altiplano, Anotólia, Bairro das Indústria, Bancários, Bessa, Cabo Branco, Castelo Branco, Centro, Colibris, Costa e Silva, Cristo, Cuiá, Epitácio Pessoa, Ernâni Sátiro, Geisel, Gramame, Grotão, Jardim Cidade Universitária, Jardim Luna, Jardim Oceania, Jardim Veneza, José Américo, Manaíra, Miramar, Nova Mangabeira, Paratibe, Penha, Portal do Sol, Quadramares, Rangel, Seixas, Tambaú, Torre, Valentina e Vieira Diniz.

Para mais informações ou dúvidas, entre em contato através do WhatsApp (83) 98618-8330, ou disque 151 gratuito. Se preferir, visite nosso site: www.procon.pb.gov.br ou as redes sociais: Instagram ou Facebook: @proconpb e Twitter: @procongovpb.

Notícias relacionadas

Procon constata diferença de até R$ 55 nos preços de frios em supermercados de JP

A diferença nos preços dos frios nos supermercados da Capital pode chegar a R$ 55,00 conforme registra pesquisa realizada pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP), que encontrou o…

TCE rejeita contas de ex-gestores em Cabedelo e impõe débito de R$ 430 mil

O Pleno do Tribunal de Contas do Estado, reunido em sessão ordinária, por videoconferência, nesta quarta-feira (21), rejeitou as contas de 2018 do município de Cabedelo, sob a responsabilidade dos…