A Paraíba o tempo todo  |

Daniella Ribeiro exalta Campina Grande no aniversário de sua emancipação política

A senadora Daniella Ribeiro (PP-PB) prestou homenagem nesta quinta-feira (10), em Plenário, à cidade de Campina Grande (PB), que comemora 155 anos de sua emancipação política no dia 11 de outubro. Ela lembrou que Jackson do Pandeiro (1919-1982) cantava a música Quem vai a Campina pede para ficar e destacou uma exposição sobre o artista paraibano no Salão Negro do Congresso Nacional.

A parlamentar destacou que vários músicos e artistas de expressão nacional nasceram ou fizeram carreira em Campina Grande, cidade que atrai os turistas pelas festividades que refletem o rico folclore da Paraíba. Nesse sentido, exaltou “o maior São João do mundo”, durante o qual os campinenses recebem os visitantes com boa música e uma “gastronomia típica, bem temperada e saborosa”.

Quanto aos aspectos econômicos, Daniella Ribeiro ressaltou que o município venceu os maiores desafios com o uso de soluções criativas, produzindo bebidas, proteína animal, têxteis, além de vários outros produtos. Assim durante muitos anos, esteve entre os maiores mercados algodoeiros do mundo. A senadora também se referiu à importância da cidade como polo educacional.

— Temos mais de 20 universidades ou faculdades oferecendo cursos em Campina Grande e uma das maiores concentrações de pesquisadores com doutorado do País, o que acaba se traduzindo em mais avanços, tecnologia e inovação para a nossa cidade — declarou Daniella Ribeiro.

Fonte: Agência Senado

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe