Por pbagora.com.br

Incentivo visa fortalecer cultura nordestina e garantir sustentabilidade financeira às quadrilhas

Um dia após assistir a apresentação de quadrilhas juninas na Pirâmide do Parque do Povo, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou aporte de recursos financeiros para as quadrilhas juninas do Nordeste. O apoio financeiro vai contemplar as quadrilhas para as apresentações no São João 2020. A senadora Daniella Ribeiro estará à frente da organização do projeto que deve contemplar, a princípio, quadrilhas do Nordeste e Norte do país.

Na tarde deste domingo (16), o apoio foi discutido em reunião entre Guimarães, a senadora Daniella, a secretária de Desenvolvimento Econômico, Rosália Lucas e o coordenador de festivais de quadrilhas, Lima Filho. O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação de Campina Grande, Lucas Ribeiro, também participou da reunião.

O projeto, que se chamará ‘Caixa Junina’, será apresentado já nos próximos meses. “O presidente da Caixa viu as apresentações das quadrilhas no Parque do Povo e ficou encantado. Expliquei a ele as dificuldades que eles têm para saírem todos os anos, os custos, que não são poucos. O presidente disse que compreendia a importância das quadrilhas para a nossa cultura e fazia questão do aporte financeiro’, afirmou a senadora. O projeto será elaborado juntamente com o coordenador de festivais de quadrilhas, Lima Filho.

Anúncio em Campina Grande

O anúncio foi feito durante evento da Caixa Econômica na manhã deste domingo (16), quando o presidente da Caixa esteve acompanhado da senadora Daniella Ribeiro, do prefeito Romero Rodrigues e também da secretária de Desenvolvimento Econômico de Campina Grande, Rosália Lucas.

Guimarães esteve, na semana passada, na abertura do Maior São João do Mundo a convite da senadora Daniella, quando teve a oportunidade de conhecer de perto todo o brilho e talento das quadrilhas que se apresentaram no Parque do Povo.

Para a senadora, que há anos é apoiadora das quadrilhas juninas, o anúncio do presidente da Caixa vem como sinônimo de esperança e fortalecimento para a cultura nordestina. “Quem assiste as apresentações dos quadrilheiros não imagina quanta luta existe por trás. É um povo talentoso, mas sobretudo persistente, por tentar manter viva a cultura das quadrilhas juninas que tanto nos encantam e nos enriquece como povo. E toda essa dificuldade foi passada para o presidente da Caixa, que logo se sensibilizou e compreendeu a importância das quadrilhas para a nossa cultura”, declarou.

A secretária Rosália Lucas, por sua vez, disse que o apoio financeiro da Caixa às quadrilhas vai fortalecer, como um todo, o Maior São João do Mundo, considerando que as apresentações das quadrilhas são um espetáculo de cores e cultura que encanta o público e engrandece a festa junina considerada uma das maiores do Brasil.

Lima Filho disse que o apoio representa a continuidade da nossa cultura, tendo em vista que o quadrilheiro hoje paga para participar do São João. “Se ele hoje tem um apoio para desenvolver um projeto que ajude no figurino, no retorno de novas quadrilhas, representa a continuidade da nossa cultura”, frisou.

 

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PM prende quatro suspeitos e impede venda de armas em Conde

A Polícia Militar efetuou a prisão de quatro suspeitos e apreendeu duas armas de fogo, durante Operação Nômade realizada, na noite desse sábado (19), na zona rural da cidade do…

Devido pandemia, não haverá comemoração em clubes para comerciários de CG

Por conta da pandemia do Covid-19, os comerciários não poderão comemorar o seu dia nos clubes nesta segunda-feira, como tradicionalmente acontece a cada ano. Devido ao Dia do Comerciario, o…