O Brasil tem mais de 147,3 milhões de eleitores aptos a votar nas Eleições 2018, segundo o Tribunal Superior Eleitoral do Brasil (TSE). O curso está disponível e pode ser acessado no site.

São 20 aulas, divididas em dois módulos, com duração que varia de dez a 15 minutos cada. A expectativa é de que a população esteja apta a eleger candidatos dispostos a mudar o quadro de corrupção do país.

Para isso, o curso aborda questões como democracia e informações sobre as medidas de combate à corrupção, além de um histórico que mostra o papel do Congresso Nacional no país.

“É preciso mostrar que o voto não termina nas urnas. Buscamos esclarecer que é preciso entender as propostas dos candidatos, fazer com que se comprometam publicamente e fiscalizar durante todo mandato”, explica Patrícia Alves Ferhmann, diretora executiva do Instituto Mude.

Segundo Patrícia, o curso foi pensado e preparado para todos que entendem a gravidade do problema da corrupção no Brasil e estejam dispostos a tomarem atitudes efetivas para o seu enfrentamento.

“Para vencer esse grande mal, que tanto nos atrapalha, é necessária a determinação de brasileiros de todas as partes do país. Os cidadãos devem manifestar, por meio de suas escolhas e atitudes, os valores fundamentais éticos para a construção de uma sociedade mais honesta e íntegra”, destaca.

 

Redação

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

2020: a partir de janeiro, pesquisas só poderão ser divulgadas mediante registro

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou hoje (12) as primeiras quatro resoluções com regras para a eleição municipal de 2020, entre as quais a que regulamenta os procedimentos…

TCE-PB aprova contas de 2014 da gestão Romero Rodrigues na PMCG

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) aprovou, na tarde desta quarta-feira, 11, as contas da Prefeitura Municipal de Campina Grande referentes ao ano de 2014. O conselheiro…