Por pbagora.com.br

Após denúncias, Conselho constatou diversas irregularidades como a aplicação de psicotrópicos sem receita médica

 

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) interditou eticamente, na manhã desta quinta-feira (26), a Comunidade Terapêutica Luz da Vida (CTLV), no município de Pitimbu/PB, a 56 km de João Pessoa. A pedido do Ministério Público do Estado, a equipe de fiscalização do CRM-PB vistoriou a comunidade e constatou diversas irregularidades. Desta forma, os médicos do local estão interditados eticamente a partir da meia noite desta sexta-feira (27) e não poderão prestar seus serviços até que as inconformidades sejam resolvidas.

De acordo com o diretor de fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa, estavam sendo aplicados medicamentos psicotrópicos nos pacientes sem prescrição médica, o que motivou denúncias de pacientes e familiares. Além disso, o local não conta com médicos todos os dias, nem equipe de saúde, não havia prontuários dos pacientes internados e alguns médicos não possuíam registro na Paraíba.

“Nossa equipe encontrou diversas irregularidades que motivaram a interdição ética do local. A clínica não pode funcionar desta forma e só será desinterditada pelo CRM após a correção desses problemas”, disse João Alberto. O CTLV é um centro de tratamento de dependência química, privado, localizado em praia Bela, no município de Pitimbu.

Formato Assessoria de Comunicação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MP manda Câmara de Santa Rita homologar concurso público realizado em 2019

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) recomendou ao presidente da Câmara Municipal de Santa Rita, o vereador Anésio Alves de Miranda Filho, que homologue, imediatamente, o concurso público realizado em…

Enivaldo acena para herança familiar como solução política em CG

No Brasil a herança familiar é fundante da política, definindo a composição do poder governamental e parlamentar em suas várias instâncias. Na Paraíba, além de ter o filho Aguinaldo Ribeiro…