Por pbagora.com.br

Criminosos estariam se passando por funcionários da Energisa para realizar atividades criminosas em João Pessoa. De acordo com denúncia anônima chegada à Redação do PB Agora, um episódio desta natureza ocorreu na tarde dessa terça-feira (2), no bairro do Altiplano.

Por volta das 15h, um carro com pessoas se passando por funcionários da concessionária de energia chegaram ao prédio da denunciante e pediram autorização ao porteiro para se dirigirem à residência da mesma, solicitando a ele que não interfonasse. Desconfiado, o porteiro interfonou e falou com a secretária da pessoa que seria feita de vítima, que negou o acesso.

Ao voltar da rua, onde estava na hora da chegada dos criminosos, a denunciante conversou com o porteiro, que relatou que os golpistas estavam com uma “conversa sem nexo”. Ela ligou para a Energisa e descobriu que não havia nenhuma intercorrência nem visita programa à sua residência. A concessionária teria pedido ainda para que ela reforçasse os cuidados.

A Redação do PB Agora tentou o contato com a assessoria de imprensa da Energisa Paraíba, para saber se o caso é recorrente e quais são as medidas de precaução para evitar ser vítima de golpes desta natureza, mas não foi atendida.

 

Da Redação

Notícias relacionadas

Opinião: Familiares de autistas suplicam por uma audiência com a Justiça da Paraíba

Centenas de famílias de portadores de transtorno do espectro do autismo estão encontrando enormes dificuldades para que seja mantida a audiência pública com profissionais que cuidam de autistas para que…

Supermercado de JP é condenado a pagar R$ 16 mil a consumidor que foi assaltado

A Segunda Câmara Especializada Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba manteve a condenação de um supermercado em danos morais (R$ 12 mil) e materiais (R$ 4.700,00), em decorrência de…