Uma criança de dois anos, que estava internada no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande desde o dia 28 do último mês de agosto, não resistiu aos ferimentos causados por queimaduras no seu corpo e faleceu nessa quarta-feira (11).

As informações são de que a criança teria caído dentro de um caldeirão de água quente.

O acidente aconteceu na cidade de Ingá, no Agreste da Paraíba, quando o padrasto preparava uma caldeirão com água fervendo. Em um determinado momento ele teria se abaixado para pegar algo no chão, quando bateu a cintura na criança e ela caiu dentro do caldeirão.

A morte da criança foi registrada na Central de Polícia Civil de Campina Grande e deve ser investigada pela Polícia Civil de Ingá.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Operação Lei das Filas do Procon-JP autua 215 agências bancárias

Mais 20 autuações foram emitidas pela fiscalização da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor em continuidade à fiscalização aos bancos durante a primeira semana de dezembro. A Operação…

“Discussão pequena” diz João Azevêdo sobre autoria de obras

Na manhã desta terça-feira, dia 10, o governador João Azevêdo ressaltou durante entrega de reformas de duas escolas estaduais em João Pessoa que para ele, o grande proprietário de todas…