O prefeito Romero Rodrigues decidiu, no final da manhã desta sexta-feira, 20, no Hotel Slaviero, no Centro Empresarial Heron Marinho, recomendar o fechamento de shopping centers e galerias a partir da próxima segunda-feira, 23. A medida prevalecerá até o dia 13 de abril, podendo ser prorrogada por igual período.

A decisão de Romero Rodrigues seguiu o mesmo padrão das anteriores já implementadas e de grande impacto: antes de decidir pelo decreto, reuniu-se com os representantes do segmento para construir uma medida sem imposição.

De acordo com o novo decreto, o prefeito Romero estabelece que o funcionamento nos shoppings e galerias só abrirá exceção para os setores de supermercado, farmácia, lotérica e delivery.

O prefeito esteve acompanhado na reunião da secretária de Desenvolvimento Econômico, Rosália Lucas; do coordenador de Desenvolvimento Local, Jonnas Costa Silva; do secretário Executivo da Saúde, Raymundo Asfora Neto e Miguel Dantas, diretor de Vigilância Epidemiológica da Prefeitura.

Outra reunião

Antes da reunião no hotel, o prefeito esteve reunido com empresários e lojistas do Shopping Partage, onde também ofereceu o máximo de esclarecimento e de orientações sobre a questão do coronavírus. Ele foi recebido pelo superintendente do Partage, Fernando Brandão, que agradeceu ao prefeito pela presença, além de destacar que os lojistas farão o acompanhamento de todas as providências tomadas pela saúde municipal. Enfatizou, ainda, o apoio às políticas públicas de combate ao coronavírus.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Castro Pinto: barreira sanitária não registra pessoas com sintomas de coronavírus

No primeiro dia de execução da barreira sanitária realizada pelo Governo do Estado no Aeroporto Castro Pinto, sob a coordenação da Agência Estadual de Vigilância Sanitária, não foram registrados casos…

Paraibano diz que é hora do Congresso começar a analisar impeachment

O deputado federal Frei Anastácio (PT/ PB) repudiou o pronunciamento feito ontem, pelo presidente da República, em cadeia nacional, criticando o confinamento e a imprensa, diante da pandemia do Coronavírus.…