O prefeito Romero Rodrigues disse, na manhã deste sábado, 18, que não fará qualquer questionamento, no âmbito do município, ao decreto do governador João Azevedo permitindo a reabertura de setores do comércio, como lojas de veículos, óticas e estabelecimentos que comercializem produtos médico-hospitalares.

“Para quem estava disposto a promover uma reabertura gradual, sob controle experimental do comércio de Campina Grande, na próxima segunda-feira, seria incoerência de minha parte me levantar contra qualquer iniciativa nesse sentido, mesmo sendo pontual”, justificou Romero Rodrigues.

De acordo com o prefeito, que acatou recomendação dos Ministérios Públicos Federal, Estadual e do Trabalho e manteve as medidas restritivas ao comércio local, é importante que os gestores atentem para a necessidade de flexibilizar, com responsabilidade e regras bem definidas, as medidas que afetam as atividades econômicas.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mídia nacional repercute imagem de cerveja em homeoffice de Jeová Campos

O vídeo da sessão remota na Assembleia Legislativa a Paraíba em que a imagem de um deputado aparece em uma mesa com duas garrafas de cerveja ultrapassou as divisas da…

Evento discute violência doméstica durante a pandemia

A Polícia Civil da Paraíba  realiza, nesta sexta-feira (5), o Webnário “Diálogos sobre violência contra mulheres em tempo de pandemia”. O evento,  promovido com a Secretaria de Segurança e Defesa…