Greve por tempo indeterminado. Essa foi a decisão dos  funcionários da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos na Paraíba, que iniciam o movimento a partir desta quarta-feira (20).

A decisão foi tomada  ontem, após uma assembleia do Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos da Paraíba (Sintect-PB) em João Pessoa.

De acordo com o diretor do Sintect-PB, Emanuel de Sousa, durante o período de greve os serviços de postagem e entrega de correspondências e encomendas vão ficar suspensos.

As agências vão funcionar em atividade interna, sem atendimento ao público.

Os funcionários dos Correios reivindicam um aumento salarial de 8%, o retorno do plano de saúde, a luta contra privatização da empresa e mais segurança no trabalho.
 



Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MPPB recomenda não efetuar prisão de pessoas que não sejam suspeitas ou infectadas com covid-19

O Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial (Ncap) do Ministério Público da Paraíba recomendou aos policiais civis e militares do Estado e aos guardas municipais de João Pessoa, Alhandra,…

Opinião: todas as ações de governo contra o coronavirus, que priorizem a vida, merecem o apoio do povo

Independente de preferências políticas, de bandeiras e de siglas partidárias, o povo da Paraíba e de João Pessoa precisa oferecer total apoio às ações do governador João Azevêdo e do…