A Paraíba o tempo todo  |

Corpo de deputado Genival Matias será sepultado nesta terça-feira em Juazeirinho

Seguindo um rigoroso protocolo de segurança, o corpo do deputado Genival Matias será sepultado nesta terça-feira em Juazeirinho, terra de sua família.

Juzeirinho ou para prestar a último homenagem ao deputado que morreu neste domingo (19) ao sofrer um mal súbito enquanto andava de moto aquática na Praia de Serrambi, em Ipojuca, no Litoral Sul de Pernambuco. Um laudo médico posterior confirmou que o mal súbito foi causado por um Acidente Vascular Cerebral.

O primeiro velório do corpo do deputado estadual Genival Matias (Avante) começou na casa Epitácio Pessoa na madrugada desta segunda-feira (20), por volta das 4h e foi até as 10h. A primeira hora de velório foi reservada só para a família e logo em seguida o local foi aberto para o público, que contou com a presença de diversas autoridades, inclusive o governador João Azevêdo (Cidadania).

Depois o caixão saiu em cortejo até o veículo funerário, que vai conduzir o corpo até a cidade de Juazeirinho, sua terra Natal, para ser velado no ginásio da Escola Cidadã Integral Técnica Marechal Almeida Barreto.

Apesar da aglomeração no velório, a Assembleia Legislativa informou que está seguindo todos os protocolos sanitários de prevenção à Covid-19, com a disponibilização de álcool em gel, tapetes sanitizantes e aferição de temperatura. Também só poderá permanecer no local os familiares do deputado.

A Assembleia Legislativa da Paraíba e políticos paraibanos lamentaram a morte do deputado estadual Genival Matias, que aconteceu neste domingo (19). O governador da Paraíba, João Azevêdo, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, e os senadores da república da Paraíba, Daniella Ribeiro e Veneziano Vital do Rêgo também externaram pesar pela morte do deputado estadual.

Genival Matias nasceu em João Pessoa, na Paraíba. Na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), ele ocupava o cargo de vice-presidente. Ele foi eleito deputado estadual pela primeira vez em 2010, reeleito em 2014 e estava no terceiro mandato.

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe