Por pbagora.com.br

Quem já jogou batalha naval pode não acreditar, mas usou o sistema de coordenadas para ter sucesso em cada partida.

Escolhendo letras e números dispostos de forma vertical e horizontal em um quadro, tela ou tabuleiro para encontrar as embarcações, o jogador está treinando suas habilidades em se localizar em um mapa, usando latitude e longitude.

As coordenadas são usadas exatamente para esse fim: localização. Elas indicam em que ponto em um dado sistema de coordenadas está exatamente aquilo que é procurado em determinado espaço dimensional.

No caso da batalha naval, em qual número e letra do quadro, tela ou tabuleiro está a embarcação que queremos acertar.

Plano cartesiano

Um dos sistemas de coordenadas mais conhecidos é o cartesiano, que aprendemos na educação básica, tanto no ensino fundamental quanto no ensino médio.

Fazer exercícios usando os eixos perpendiculares x e y era comum nas aulas de matemática.

Nesse ramo do conhecimento, o conteúdo pode ficar cada vez mais complexo, se considerarmos que existem ainda coordenadas esféricas e coordenadas cilíndricas, que compreendem espaços com mais do que duas dimensões. 

Outros sistemas também são utilizados em várias áreas do conhecimento, como física, astronomia e geografia, onde há os exemplos mais práticos. Os resumos no Responde Aí podem ajudar os estudantes a aprenderem mais sobre o tema. 

Coordenadas geográficas

Talvez o sistema de coordenadas mais utilizado no dia a dia seja o geográfico, formado por linhas imaginárias traçadas de norte a sul e de leste a oeste, separadas pela distância de graus.

O sistema compreende os paralelos e os meridianos que cortam a Terra e ajudam a se localizar no globo por meio dos valores em graus de latitude e longitude de determinado ponto. 

É desse sistema que se origina a Linha do Equador, paralelo que corta a Terra no ponto central entre os polos norte e sul, e o Meridiano de Greenwich, estabelecido em uma convenção no final do século XIX. O paralelo e o meridiano principais dividem o planeta nos hemisférios Norte, Sul, Leste e Oeste.

Os outros paralelos deslocam-se para o sul e a para o norte do Equador em medidas que vão de -90º a 90º. Os meridianos deslocam-se de leste a oeste, variando de -80º a 180º. As letras N (Norte), S (Sul), E (leste) e W (Oeste) indicam os hemisférios.

Seguindo o sistema de coordenadas geográficas, cada ponto na Terra tem seu grau de latitude (paralelo) e seu grau de longitude (meridiano). Os valores de podem ser quebrados.

Por exemplo, a cidade de Paris está na latitude 48.8566º N e na longitude 2.3522º E.

Liga o GPS

Uma aplicação ainda mais prática de latitude e longitude pode ser encontrada no GPS, o sistema de posicionamento global conectado via satélite e utilizado por motoristas do mundo todo para localizar um ponto de partida e de chegada.

Por meio de latitude e longitude, o GPS encontra exatamente os pontos onde um passageiro de aplicativo embarca, onde ele quer descer e se conecta a sistema de mapas e rotas do aplicativo que não só traçam o caminho mais curto, como ainda levam em consideração congestionamento, algum problema nas vias.

São as coordenadas facilitando nosso dia a dia.

Conteúdo produzido por Experta media.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Há vagas: Sine de Campina Grande recebe currículos até esta terça-feira

O Sine Municipal estará recebendo currículos para vagas de Atendente, Passadeira de Roupas e Costureira, até o meio-dia desta terça-feira, 27 de outubro. A seleção acontecerá no período da tarde…

Estado paga salários de outubro dos servidores na quinta e sexta-feira

O pagamento do funcionalismo público estadual referente ao mês de outubro será efetuado nos próximos dias 29 e 30, quinta e sexta-feira, respectivamente. No dia 29, serão pagos os vencimentos…