Por pbagora.com.br

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, por unanimidade, nesta terça-feira (16), o projeto de lei 143/2019, de autoria do presidente da Casa, Adriano Galdino (PSB), que institui o ‘Dia Estadual da Conscientização e Combate às Fake News’, que é a disseminação de notícias falsas. Ao todo, a CCJ apreciou 48 matérias durante a reunião.

A matéria que pretende conscientizar a população sobre as fake news determina que as secretarias estaduais de Educação e Cultura, em conjunto com a Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social, coordenem a realização e divulgação de ações, juntamente com outras instituições, bem como, a sociedade civil. De acordo com o projeto, o dia 24 de março fica instituído como o marco contra a abordagem da criação e disseminação de notícias falsas e conscientização sobre efeitos e consequências jurídicas. A finalidade é realizar ações como seminários, ciclos, palestras, vídeos e outras atividades educativas.

Na justificativa do projeto, Adriano Galdino ressaltou o potencial lesivo que uma notícia falsa pode causar contra a imagem das pessoas. Ele afirma que o compartilhamento da fake news é um desserviço público, pois muitos internautas não tem o cuidado de verificar previamente a veracidade das informações recebidas através das redes sociais. O presidente citou também as empresas que atuam na criação desses fatos, com o objetivo de alcançar o máximo de pessoas possíveis, para influenciar a população e gerar a ‘viralização’ da ‘fake news’.

“Acredito na importância do Estado em adotar uma legislação própria, além de políticas e programas que combatam e previnam a disseminação dessas notícias falsas, sem perder a referência, de que é o investimento na educação da população é a melhor e mais barata solução a ser adotada. O projeto é oportuno, pois é um dia de reflexão sobre a importância de se apurar e checar a veracidade dos fatos que nos bombardeiam todos os dias por meio das redes sociais”, destacou.

Adriano Galdino acrescentou que o combate à divulgação desse tipo de informação não passa só pela criminalização da prática, mas deve envolver uma ação conjunta para conscientizar a população. A comissão também aprovou mais dois projetos do presidente. O primeiro dispõe sobre o funcionamento ininterrupto, inclusive nos fins de semana e feriados, das Delegacias de Polícia de Defesa da Mulher na Paraíba. A outra proposta aprovada pretende instituir a Semana de Prevenção e Combate à Violência Contra as Mulheres nas Escolas da Rede Estadual.

Já a deputada Camila Toscano (PSDB) teve aprovado projeto que dispõe sobre a obrigatoriedade de apresentação de relatórios de execução orçamentária pelo Poder Executivo. Todos os membros votaram favoráveis à proposta.

Os deputados também aprovaram o projeto 290/2019, do Governo do Estado, autorizando o Executivo a contratar operação de crédito junto à Caixa Econômica Federal para o programa 'Avançar Cidades'. O empréstimo vai servir, entre outras coisas, para melhorias no sistema de esgotamento sanitário da cidade de Cabedelo. A matéria foi aprovada por unanimidade. Também foi aprovado o projeto 35/2019, que determina que as viaturas operacionais dos órgãos de segurança pública sejam dotadas de blindagem balística. A autoria é do deputado Cabo Gilberto.

Participaram da reunião da CCJ os deputados Pollyanna Dutra (presidente da Comissão), Junior Araújo, Edmilson Soares, Camila Toscano, Tovar Correia Lima e Cabo Gilberto Silva.

 

Redação com ALPB

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Notícias relacionadas

Mudança em decreto municipal libera venda de bebidas alcoólicas após às 16h, em João Pessoa

Uma mudança no decreto municipal, libera venda de bebidas alcoólicas após às 16h, em João Pessoa. O novo decreto foi publicado no Semanário Oficial de João Pessoa autorizando a venda…

Empresário Eduardo Carlos apresenta melhora e deve ser extubado

Até o próximo sábado (27), o empresário Eduardo Carlos, proprietário do Sistema Paraíba de Comunicação, que está internado em um hospital particular em São Paulo para tratamento da covid-19, deve…