Por pbagora.com.br

O aquecimento do mercado imobiliário, a baixa taxa Selic e a alta do dólar e do euro, foram alguns fatores determinantes para a corretora de imóveis Giuliana Benevides Martins, proprietária da imobiliária Paraíba Property, localizada à beira mar do bairro do Cabo Branco, constituir e registrar no Creci-PB mais uma empresa jurídica.

“Tratamos com compra, venda, aluguel, administração de imóveis, permuta, e recadastramento, e desde o início da pandemia vimos sentindo uma aceleração do mercado, com  demandas bem interessantes por parte, sobretudo, de clientes e investidores estrangeiros, de países como Espanha, Inglaterra, França e Portugal”, afirmou.

Ela acrescentou que a busca se dá geralmente por apartamentos e flats em áreas de praia. O litoral sul deverá ser impactado ainda mais positivamente a partir da expansão da fábrica da Jeep (a 3ª maior do mundo) em Goiana, cidade limítrofe com o estado da Paraíba. “Muitos dos colaboradores querem morar aqui, temos transformado muitos aluguéis em vendas”, concluiu.

 

Da Redação com Assessoria

Notícias relacionadas

Conde mantém testagem e vacinação contra a Covid no final de semana

A prefeitura de Conde, através da Secretaria de Saúde, mantém a testagem e vacinação e contra a Covid-19 neste final de semana dos trabalhadores da Educação e da Saúde. Também…

Promotores se inscrevem para disputar lista tríplice da PGJ-PB

O período para inscrições de membros do Ministério Público da Paraíba interessados em concorrer à eleição para formação da lista tríplice que será encaminhada ao governador do Estado para nomeação…