Por pbagora.com.br

Com cartazes e faixas, dezenas de concursados da Polícia Civil no Estado da Paraíba se aglomeraram na Praça dos Três Poderes, em João Pessoa, na manhã desta terça-feira (18), para cobrar a convocação para o Curso de Formação e também a nomeação dos aprovados e classificados no certame realizado ainda em 2008 pelo Governo do Estado.

De acordo com Júnior da Silva, que é um dos representantes do grupo, os concursados estão numa luta contra o tempo, já que a validade do concurso expira em junho deste ano. O certame foi realizado em 2008 e homologado em 2010, com validade de dois anos, prorrogáveis por mais dois anos.

O representante responsabilizou não apenas o governo atual, mas também as administrações do PSDB e do PMDB pela demora na convocação e nomeação.

“Nós estamos aqui para mais uma vez buscar uma oportunidade que começou desde 2008 e a culpa disso não é só do governador Ricardo Coutinho, mas também do governo Cássio, se arrastou pelo governo Maranhão e agora está se arrastando também no governo do PSB”, lamentou.


Os concursados se dizem apreensivos pelo tempo exímio restante. “Estamos aguardando um novo curso de formação, mas ninguém sinaliza a disposição de convocar. Estamos preocupados, já que a maioria dos concursados sequer realizou o curso de formação”, explicou Júnior.

A categoria questiona a explicação dada pela administração estadual de que o executivo não poderia convocar, pois infringiria a Lei de Responsabilidade Fiscal, no entanto, anuncia a realização de um concurso para a Polícia Militar com 600 vagas. 

A manifestação segue pacífica. Os concursados disseram que só sairão do local após um membro do Governo receber uma comissão para dar respostas concretas. O Palácio da Redenção segue com seguranças ao redor do prédio e tem apenas metade de uma das suas portas aberta ao público para prevenir qualquer ato depredatório.

Conforme o representante dos concursados, a Paraíba tem o 2º menor efetivo do país.

 

 

Márcia Dias

PB Agora

Foto: Erinaldo Silva

Notícias relacionadas

JP: CRM é notificado a apresentar documentos que comprovem práticas regulares de policlínica

Procedimento Preparatório instaurado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) em 2019 detectou irregularidades nos serviços prestados pela Policlínica das Praias, localizada na orla de João Pessoa. A Promotoria detectou, no…

Unanimidade: ALPB aprova homenagem a Juliette com maior comenda da PB

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, nesta terça-feira (13), a concessão da Medalha Epitácio Pessoa para a advogada e maquiadora paraibana Juliette Freire. A proposta, assinada por todos os…