Com o protesto dos caminhoneiros causado devido a nova tabela de frete do governo federal, os motoristas de Campina Grande correram aos postos de combustíveis e formaram filas temendo um desabastecimento.

Em alguns postos localizados em bairros como Catolé e Liberdade, a movimentação foi intensa de clientes, que abasteceram os tanques dos veículos como forma de prevenção.

O movimento em Campina Grande aconteceu desde as primeiras horas da manhã desta segunda-feira, 22, onde grupos de caminhoneiros realizaram protestos, que ocorreram em vias como a BR-230, na Alça Sudoeste.

Segundo os caminhoneiros, o protesto aconteceu contra o valor do frete e a alta no preço dos combustíveis, principalmente do óleo diesel. Os carros de passeios, motos e caminhões carregados com cargas vivas e alimentos perecíveis estavam com acesso liberado.

SL
PB agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Verão europeu: saiba porque a Grécia tem atraído cada vez mais turistas brasileiros

A combinação grega de praias de águas azul-turquesa e areia dourada, estrutura turística de primeira classe e preços baixos tem se provado crucial na hora do turista brasileiro decidir para onde fará…

João Azevêdo entrega reforma do Teatro Santa Catarina neste sábado

O governador João Azevêdo entrega neste sábado (19), às 19h, a reforma do Teatro Santa Catarina, na qual foram investidos aproximadamente R$ 5 milhões – 80% destes recursos foram aplicados…