Por maioria de votos, a Câmara Municipal de Campina Grande aprovou, na sessão desta quinta-feira (05), um voto de aplauso ao governador João Azevêdo (PSB) e ao presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB) pela ausência no ato SOS Transposição, ocorrido no último domingo (1º).

A propositura da iniciativa partiu do vereador Sargento Neto, do PRTB.

– Eu parabenizei. A moção de aplausos é por reconhecimento a sua postura [Galdino], e da mesma forma João Azevêdo. Essa sim é uma oposição consciente, nós não fazemos oposição por fazer.  Quando ele [Azevêdo] dizendo que não iria, se posiciona tecnicamente, através de suas falas, sobre o que pensa do projeto de integração do São Francisco, para mim mereceu moções de aplausos, pelos seus posicionamentos”, defendeu.

Apesar da fala, o vereador, que também ocupa o cargo de  presidente da Comissão de Recursos Hídricos, defendeu a obra da transposição e alertou para a necessidade de reparos constantes na estrutura, justamente por ser um empreendimento de grande porte.
“O que nós queremos é o constante bombeamento das águas, e isso nós temos que cobrar. Inclusive, eu convido até aqueles que foram lá, para irem até Brasília, no Ministério do Desenvolvimento Regional, com o atual ministro Gustavo Canuto, onde reivindiquei documentos, informando as condições atuais da obra”, completou.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ex-prefeito de Cajazeirinhas é condenado por contratar servidores sem concurso

Por contratar servidores sem concurso público, o ex-prefeito do Município de Cajazeirinhas, José Almeida Silva, foi condenado pela prática de Improbidade Administrativa, de acordo com sentença do juiz Rusio Lima…

Águas do Rio São Francisco devem chegar em 30 dias ao açude de Boqueirão

As águas do Rio São Francisco já estão correndo outra vez na Paraíba, e a perspectiva é que em 30 dias elas inundem o açude Epitácio Pessoa em Boqueirão. As…