Por pbagora.com.br

Tubulações de carteira escolar, sucata de oficina, entre outros materiais recicláveis, estão se transformando em equipamentos, como gradil de proteção para mudas de árvores que estão sendo plantadas em áreas públicas na cidade. A ação faz parte do Programa Cuité Mais Verde, de iniciativa da Prefeitura de Cuité, por meio da Secretaria de Serviços Urbanos e Infraestrutura.

O Programa Cuité Mais Verde que foi lançado recentemente com o objetivo de preservar o meio ambiente e reduzir impactos ambientais, irá garantir arborização e um novo paisagismo em vários pontos da Cidade. “Estamos reaproveitando materiais recicláveis, transformando parte deste material em engradamento para proteção das árvores e plantas que estão sendo plantadas na Cidade.” Comentou o Prefeito Charles Camaraense que participa do Programa.

A ação que conta com a parceria de Universidades, ainda substitui as árvores que não são nativas da região, muitas delas causando transtornos para a população e prejuízos para a Gestão, por árvores nativas ou que se adaptam à região.

O Programa será levado às Escolas no ano letivo de 2019, e deve contar com a participação da comunidade escolar. “Essa ação é uma demonstração de que nossa Gestão tem responsabilidade com o bem estar da coletividade e está compromissada com os 3Rs da sustentabilidade; Reduzir, Reutilizar e Reciclar.” Considerou Charles Camaraense.

Redação com Assessoria

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Notícias relacionadas

PB tem uma pessoa internada com Covid-19 a cada 20 minutos

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta sexta (26), 1.186 casos de Covid- 19. Entre os confirmados hoje, 68 (5,73%) são casos de pacientes hospitalizados e 1.118 (94,27%)…

Cacimba de Areia: justiça mantém condenação de ex-prefeito e vice por improbidade

A condenação por improbidade administrativa do ex-prefeito e vice do Município de Cacimba de Areia, Orisman Ferreira da Nóbrega e Francisco Félix Borges, respectivamente, foi mantida pela Primeira Câmara Cível…