Eleita pelo grupo governista, a deputada estadual Cida Ramos (PSB) não dá garantias quanto ao apoio às matérias encaminhadas pelo executivo a partir de agora. Em entrevista à reportagem do PB Agora, nesta terça-feira (10), ela citou a Reforma da Previdência, por exemplo, que é uma imposição do Governo Federal para que os Estados estejam aptos a realizar convênios, parcerias, bem como a receber os recursos, e avisou que é contra e que vai se posicionar de forma não favorável.

“Me posiciono de acordo com a minha consciência. Na Reforma da Previdência todos sabem qual é minha posição. Sou contrária”, disse.

Indagada se ainda se considera como aliada do governador, Cida não respondeu que sim nem que não, mas apenas como uma parlamentar que trabalha em prol de políticas públicas para a coletividade. “Eu me considero uma deputada que tem posições políticas muito claras e que sempre se posiciona a favor das políticas públicas.

Cida lembrou que é do PSB e assim vai permanecer, seguindo a orientação da legenda, não tendo problemas em apoiar as matérias da oposição, quando estas representarem melhorias para a sociedade.

“Minha posição é clara. Eu pertenço a um partido, eu sigo a orientação do partido e eu voto de acordo com a minha consciência os projetos que sejam para beneficiar o povo da Paraíba, mesmo que sejam propostas de oposicionistas com quem tenho diferenças abissais”.

OUÇA

 

Com informações de Eliabe Castor

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Se hoje falamos de economia é porque primeiramente priorizamos a saúde e as vidas” diz João

Na manhã desta segunda-feira (06), durante o anúncio da retomada de obras que foram paralisadas ou tiveram o ritmo reduzido por conta da pandemia da covid-19, o governador João Azevêdo…

MDB descarta figurar como coadjuvante na disputa pela PMCG

O MDB da Paraíba, comandado pelo senador José Maranhão descartou a possibilidade de figurar como coadjuvante na disputa pela prefeitura de Campina Grande nas eleições desse ano e decidiu apostar,…