No Nordeste, a chuva representa esperança para o campo. Mas a preocupação é que o volume pode acabar não sendo suficiente pras plantações, como mostra levantamentos feitos recentemente pela da Agência Executiva de Gestão de Águas (AESA), onde destacam que, voltou a chover em várias cidades do Sertão da Paraíba na noite dessa segunda-feira (25). Em Patos a chuva de 1,44 milímetros, apesar do volume de água ser muito pouco, serviu para amenizar o clima dos 39° registrados nos últimos dias, a última chuva registrada na cidade de Patos antes foi no dia 3 de agosto.

Conforme a meteorologista da AESA Marle Bandeira, o período chuvoso do Sertão é entre os meses de fevereiro a maio. “Geralmente final de novembro para dezembro acontecem chuvas isoladas no Sertão da Paraíba”, frisou.

O especialista em Meteorologia Rodrigo Cézar Limeira, explicou que as chuvas foram ocasionadas pelo fenômeno “instabilidade atmosférica decorrente de frentes frias no sul da Bahia”. De acordo com o estudioso a associação entre calor e alta umidade do ar, juntamente com o período chuvoso do sul da Bahia provocaram as pancadas de chuvas no Semiárido Paraibano.

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vigilante é baleado na cabeça após ser confundido com bandido em CG

Na manhã deste sábado (14), um vigilante de 27 anos, morreu no Hospital de Trauma de Campina Grande após uma ação da Polícia Militar na Rua 15 de Novembro, no…

Mega-Sena pode pagar R$ 31 milhões neste sábado

O concurso 2.216 pode pagar um prêmio de R$ 31 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre neste sábado (14) em São Paulo (SP). A aposta mínima…