Por pbagora.com.br

O Governo do Estado, através da Defesa Civil, encaminhou para a secretária Nacional de Defesa Civil, Ivone Maria Valente, o decreto de situação de emergência de Patos, solicitando o reconhecimento por parte do ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira.
De acordo com o coronel Sinval Pinheiro Borges, gerente executivo do órgão na Paraíba, a partir do reconhecimento a cidade de Patos estará apta a receber recursos do governo federal que serão utilizados na ajuda aos desabrigados e também na recuperação dos locais atingidos pelas chuvas do início da semana passada.

Anexo ao pedido, a Defesa Civil estadual encaminhou relatório contendo os danos causados pelas chuvas, desalojando mais de 2.400 pessoas e deixando outras 218 desabrigadas, que estão alojadas em prédios públicos cedidos pelo Estado e prefeitura.

Abaixo os números levantados pelos técnicos das defesas civis federal, estadual e municipal:

Desalojadas ………………………………………………………………………………..2.427
Desabrigadas…………………………………………………………………………………218
Pessoas enfermas……………………………………………………………………………761
Pessoas afetadas………………………………………………………………………..14.145
Casas danificadas……………………………………………………………………………175
Casas destruídas………………………………………………………………………………21
Escolas públicas danificadas…………………………………………………………………11
Passagem molhada danificadas……………………………………………………………08
Passagem molhada destruídas…………………………………………………………….05
Estradas vicinais danificadas………………………………………………………………..18
Açudes danificados……………………………………………………………………………06
Alunos sem aula durante 4 dias………………………………………………………11.500
Pessoas que receberam assistência médica durante 4 dias……………………….. 761
Gastos R$ 45 mil na distribuição de água potável
Uma estação de tratamento danificada – Jatobá em Patos
Pecuária: 40 animais de grande porte; 20 pequeno porte; 15 de médio porte
Oito equipamentos de matéria prima de calçados tiveram prejuízos.

As chuvas castigaram Patos na tarde/ do último dia 13 e madrugada do dia 14 com conseqüências drásticas para a população. No dia seguinte o governador José Maranhão esteve em Patos. Ao lado do prefeito Nabor Wanderley visitou as áreas atingidas, conversou com famílias e garantiu ajuda para recuperar a cidade.

Na ocasião, Maranhão esteve acompanhado dos secretários José Maria de França (Saúde), Francisco Sarmento (Infra estrutura), Lena Guimarães (Comunicação), Giucélia Figueiredo (Desenvolvimento Humano), coronel Sinval Pinheiro Borges (Defesa Civil), coronel Pedro Luiz (comandante do Corpo de Bombeiros), tenente-coronel José Carlos (comandante do 3º BPM) e secretários municipais.

Na noite de quinta-feira, 17 foi iniciada a distribuição de cestas básicas, colchões, cobertores, travesseiros, fronhas e material de limpeza com as famílias. Esta distribuição, acompanhada pelos técnicos da Defesa Civil nacional e estadual foi feita por funcionários da Prefeitura Municipal de Patos, que contou com a participação da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.
 

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Retorno das aulas presenciais evita maiores prejuízos emocionais para estudantes, avaliam educadores

Modelo híbrido começa a valer em fevereiro em algumas escolas particulares A volta às aulas presenciais nas escolas particulares está programada para o início de fevereiro em algumas cidades do…

Paraíba registra mais de 1.270 novos casos de covid em 24h

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta quarta (20), 1.272 casos da Covid- 19. Entre os confirmados hoje, 55 (4,32%) são casos de pacientes hospitalizados e 1.217 (95,68%)…