Por pbagora.com.br

O Governo do Estado, através da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap), reiniciou no último mês de abril as obras de construção das 1.378 casas dos conjuntos Três Irmãs, Colinas do Sol e Novo Cruzeiro, em Campina Grande, que estavam paralisadas desde outubro de 2008.

De acordo com o gerente da Cehap de Campina Grande, Ivan Oliveira, as obras dos conjuntos estavam abandonadas e inacabadas. No governo anterior, ocorreram alguns problemas com as construtoras. Com isso, as obras foram interrompidas por rescisão contratual.

O governador José Maranhão determinou a retomada imediata das construções de 639 casas no conjunto Três Irmãs, 406 casas tipo duplex no Colinas do Sol e abertura de licitação para o conjunto Novo Cruzeiro, obras estas contratadas através do convênio com o programa Pró-Moradia.

As moradias dos conjuntos Três Irmãs e Colinas do Sol beneficiarão, inicialmente, 1.045 famílias de baixa renda de Campina Grande que não tem local digno para morar. O governo prevê a entrega das primeiras casas para os próximos 180 dias.
 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Eleições: PF usará drones para flagrar crimes como boca de urna

Nas eleições municipais de novembro, a Polícia Federal (PF) deverá usar drones para prevenção e repressão de crimes eleitorais como boca de urna e transporte irregular de eleitores. De acordo com…

TRE-PB acompanha investigação sobre apreensão de R$ 128 mil dentro de veículo

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE), desembargador José Ricardo Porto afirmou, em entrevista nesta sexta-feira (23) que a corte estará atenta aos crimes cometidos durante a campanha.…