Morre, aos 63 anos, o carnavalesco João Boêmio, que comandava há mais de 20 anos a escola de samba Malandros do Morro do Bairro Zú Silva, no município de Sousa.

O fato aconteceu por volta das 20h, de ontem, quando o sambista teria tido uma crise de hipertensão. Integrantes da escola ainda chamaram a equipe do SAMU, que levou a vítima até o Hospital Regional, onde foi constatada sua morte.

 

Sua morte repentina chocou o público que lotava as arquibancadas no centro da cidade. Após o anúncio do falecimento do carnavalesco, membros da escola de samba foram acompanhados em um minuto de silêncio pela platéia

Os familiares da vítima decidiram que o desfile tinha que continuar em respeito ao próprio João Boêmio que havia dedicado muito esforço para colocar a escola na avenida.

 

A Malandros do Morro foi criada pelo próprio João Boêmio na década de 80 com o apoio dos moradores do Bairro Zú Silva, localizado na periferia do município de Sousa e no decorrer dos anos, alcançou a primeira colocação várias vezes na disputa pelo título de campeã do carnaval na cidade de Sousa.
 

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

TCE rejeita contas de Livânia Farias por pagamento irregular de R$ 1,6 milhão

Contas da ex-secretária Livânia Farias foram rejeitadas após análise de recurso que contesta pagamentos de honorários advocatícios no montante de R$ 1.6 milhão O não cumprimento dos limites constitucionais com…

Energisa vai trocar geladeiras de 100 famílias em João Pessoa

Interessados podem se cadastrar a partir desta sexta (13), na Praça da Conquista Parte do Programa de Eficiência Energética regulado pela Aneel, o Projeto Nossa Energia vai trocar geladeiras de…