Por pbagora.com.br

Morre, aos 63 anos, o carnavalesco João Boêmio, que comandava há mais de 20 anos a escola de samba Malandros do Morro do Bairro Zú Silva, no município de Sousa.

O fato aconteceu por volta das 20h, de ontem, quando o sambista teria tido uma crise de hipertensão. Integrantes da escola ainda chamaram a equipe do SAMU, que levou a vítima até o Hospital Regional, onde foi constatada sua morte.

 

Sua morte repentina chocou o público que lotava as arquibancadas no centro da cidade. Após o anúncio do falecimento do carnavalesco, membros da escola de samba foram acompanhados em um minuto de silêncio pela platéia

Os familiares da vítima decidiram que o desfile tinha que continuar em respeito ao próprio João Boêmio que havia dedicado muito esforço para colocar a escola na avenida.

 

A Malandros do Morro foi criada pelo próprio João Boêmio na década de 80 com o apoio dos moradores do Bairro Zú Silva, localizado na periferia do município de Sousa e no decorrer dos anos, alcançou a primeira colocação várias vezes na disputa pelo título de campeã do carnaval na cidade de Sousa.
 

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Covid: 27 pessoas morreram nas últimas 24h na Paraíba

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta terça (15), 2.358 casos de Covid-19. Entre os confirmados hoje, 168 (7,1%) são casos de pacientes hospitalizados e 2.190 (93%) são…

Efeito Juliette: ex-BBB esgota looks e congestiona redes sociais das marcas

Tudo o que Juliette toca vira ouro — ou sucesso de vendas. No último domingo (13), a ex-BBB participou de um show ao lado do cantor Gilberto Gil, transmitido ao…