Morre, aos 63 anos, o carnavalesco João Boêmio, que comandava há mais de 20 anos a escola de samba Malandros do Morro do Bairro Zú Silva, no município de Sousa.

O fato aconteceu por volta das 20h, de ontem, quando o sambista teria tido uma crise de hipertensão. Integrantes da escola ainda chamaram a equipe do SAMU, que levou a vítima até o Hospital Regional, onde foi constatada sua morte.

 

Sua morte repentina chocou o público que lotava as arquibancadas no centro da cidade. Após o anúncio do falecimento do carnavalesco, membros da escola de samba foram acompanhados em um minuto de silêncio pela platéia

Os familiares da vítima decidiram que o desfile tinha que continuar em respeito ao próprio João Boêmio que havia dedicado muito esforço para colocar a escola na avenida.

 

A Malandros do Morro foi criada pelo próprio João Boêmio na década de 80 com o apoio dos moradores do Bairro Zú Silva, localizado na periferia do município de Sousa e no decorrer dos anos, alcançou a primeira colocação várias vezes na disputa pelo título de campeã do carnaval na cidade de Sousa.
 

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mídia Nacional diz que RC vai pular carnaval de tornozeleira eletrônica

O portal Antagonista repercutiu a decisão da justiça que determinou o uso de tornozeleira eletrônica pelo ex-governador Ricardo Coutinho (PSB). Segundo a publicação, o socialista vai pular o Carnaval com…

Motoboy fica gravemente ferido após colidir em cavalo, na BR 230

Um motoboy, que estava trabalhando como entregador de pizza, na noite de ontem, sexta-feira (21), ficou gravemente ferido após colidir bruscamente em um cavalo que estava solto na rodovia BR-230, em…