Com o fim do recesso forense, o judiciário retomou a pauta com celeridade e já marcou para a próxima terça-feira (18), o julgamento do recurso do Ministério Público federal que solicita o retorno do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) à prisão. O socialista é apontado GAECO como membro de uma Organização Criminosa que desviou mais de R$ 130 dos cofres públicos por meio de contratos com Organizações Sociais.

O pedido de pauta foi feito pela relatora da Operação Calvário no Superior Tribunal de Justiça (STJ), a ministra Laurita Vaz. Ontem, quarta-feira (12), o MPF emitiu novo parecer ao STJ contra a soltura do ex-governador. Já nesta quinta-feira (13) o ministro Gilmar Mendes determinou a soltura de um dos presos na operação. Os posicionamentos divergentes dos dois magistrados com relação a matéria tem deixado às defesas dos acusados cheias de expectativas com relação aos desdobramentos do caso.

CONFIRA DOCUMENTO

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Número de mortes em acidentes de trânsito no carnaval 2020 na PB é o menor em quatro anos

O número de mortes em acidentes de trânsito no carnaval 2020 na Paraíba é o menor em quatro anos, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os dados foram divulgados pela…

Calvário: apenado monitorado que danificar tornozeleira pode ser encarcerado

Duas recomendações aprovadas pelos membros do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (GMF) do Tribunal de Justiça da Paraíba estão sendo encaminhadas aos magistrados, orientando como proceder em…