O pedido de soltura provisória do ex-governador Ricardo Coutinho, além de demais envolvidos na Operação Calvário, deverá ser um dos primeiros casos apreciados pela ministra Laurita Vaz (STJ) após retornar do recesso dos tribunais superiores em Brasília, que acaba no próximo dia 03.

De acordo com informações de bastidores, o pedido já está na mesa de Laurita Vaz apenas aguardando sua chega após o recesso.

O parecer da Procuradoria Geral da República (PGR) é pelo retorno imediato do socialista e demais envolvidos à prisão.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Empresa espanhola passará a gerir Aeroporto Castro Pinto a partir do dia 24

A do próximo dia 24 de fevereiro, o Aeroporto Castro Pinto passará a ser administrado pela empresa espanhola Aena, vencedora do leilão do Bloco Nordeste. A Infraero fica responsável pelo…

Romero abre o Ano Letivo e inaugura escola nesta segunda, em CG

O prefeito Romero Rodrigues fará a abertura do Ano Letivo da Rede Municipal de Ensino, na manhã desta segunda-feira, 17. Na oportunidade, Romero também inaugurará a primeira unidade escolar do…