O pedido de soltura provisória do ex-governador Ricardo Coutinho, além de demais envolvidos na Operação Calvário, deverá ser um dos primeiros casos apreciados pela ministra Laurita Vaz (STJ) após retornar do recesso dos tribunais superiores em Brasília, que acaba no próximo dia 03.

De acordo com informações de bastidores, o pedido já está na mesa de Laurita Vaz apenas aguardando sua chega após o recesso.

O parecer da Procuradoria Geral da República (PGR) é pelo retorno imediato do socialista e demais envolvidos à prisão.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PB tem 41 casos da Covid-19; estado já descartou quase 650

O Governo da Paraíba, através da Secretaria de Estado da Saúde, em boletim emitido no fim da tarde desta terça-feira (7), divulgou a confirmação de 41 casos positivos para o…

Cai número de vítimas de trânsito atendidos no Hospital de Patos

O relatório de atendimentos do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro, de Patos, referente ao período de 1º a 31 de março, constata que o número de atendimentos na urgência…