Por pbagora.com.br
Estela Bezerra (foto: divulgação)

A ministra Laurita Vaz, do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), decidiu por derrubar a necessidade de recolhimento noturno, imposta por medida cautelar pela Justiça, para a deputada estadual Estela Bezerra (PSB).

A deputada foi alvo de uma das fases da Operação Calvário, da Polícia Federal, responsável por apurar fraudes e desvios na saúde pública da Paraíba. A medida determinava que Estela deveria permanecer recolhida em sua residência das 22h às 6h.

A ministra considerou que os crimes imputados a deputada não têm ligação com a permanência em sua residência. Estela chegou a ser presa no mês de dezembro de 2019, mas foi solta por decisão da Assembleia Legislativa.

Com informações do G1 Paraíba

 

Notícias relacionadas

PMCG prepara decreto com medidas para manter situação diferenciada de CG em meio à Covid-19

Prefeito destaca “dever de casa cumprido” pelo Município e adianta que esforço da gestão é para que a cidade não perca o controle conquistado até o momento O prefeito Bruno…

Projeto de Eduardo Carneiro institui semana de conscientização na escola sobre perigos da internet

O avanço tecnológico e o fácil acesso à internet têm possibilitado que, cada vez mais cedo, pequenos passem a usar as ferramentas digitais. No Brasil, 56% das crianças possuem pelo…