Vereadores de cinco partidos políticos decidiram formar um Bloco Parlamentar na Câmara Municipal de João Pessoa, prometendo uma atuação moderada e conciliadora. Seus integrantes do PPS/PDT/PSDC/PR, sob a liderança do vereador Bruno Farias (PPS) e na vice-liderança do Vereador João dos Santos.

Este Bloco Parlamentar tem o objetivo de ocupar espaço no Colégio de Líderes, já que, segundo o Regimento Interno da Câmara, para ter assento neste foro é preciso no mínimo um conjunto de três vereadores. “Como os partidos que integram este bloco não têm, se analisados isoladamente, esse quorum exigido, decidimos nos aliar, somar forças e integrar as nossas ações políticas para termos mais representatividade na constelação de forças políticas que formam a Casa de Napoleão Laureano”, explicou Bruno.

Ele ressalta que o grande elo da união foram as afinidades pessoais e políticas, já que os parlamentares que formam este Bloco têm o mesmo perfil conciliador, pacificador, moderado e ponderado, de modo que o equilíbrio e o bom senso. “Serão estas as marcas mais importantes deste Bloco Parlamentar, que não se sujeitará ao arbítrio nem à submissão política, pautando as suas ações unicamente com base no compromisso com o interesse público, a elevação da qualidade de vida dos cidadãos e o desenvolvimento de João Pessoa”, comentou seu líder.

O Bloco Parlamentar é composto pelos vereadores de Bruno Farias, Eliza Virginia Silva de Souza (PPS), Geraldo Amorim de Sousa (PDT), João Carvalho da Costa Sobrinho (João Corujinha), do PSDC e João dos Santos Filho (PR).
 

Da Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Conselho de JP se reúne para debater novo aumento da passagem de ônibus

O Conselho Municipal de Mobilidade Urbana de João Pessoa (CMMU) irá se reunir na tarde desta sexta-feira (24), para discutir entre outras pautas o aumento da tarifa de ônibus na…

No Sertão, Polícia captura foragido da Justiça de Santa Catarina

A Polícia Militar da Paraíba prendeu, na tarde dessa quinta-feira (23), um homem foragido da Justiça do Estado de Santa Catarina, e que estava escondido no sertão paraibano. O acusado…