Por pbagora.com.br

O prefeito Bruno Cunha Lima (PSD) faz questão de definir, em seu novo Decreto, que as missas e cultos sejam tratados como atividades essenciais – mesmo que o Brasil e a Paraíba estejam no pior período da pandemia e o município tenha ido da bandeira amarela para a laranja na classificação. Na perspectiva do gestor, essa atitude ajuda a população a atravessar essa crise com mais força interior.

De acordo com Bruno, ao contrário do Governo do Estado que vislumbra tão somente o aspecto de assistência social dos templos durante o dia, o Município de Campina Grande adota uma outra postura.

“As missas, cultos e iniciativas que priorizam o viés espiritual do ser humano, nesta pandemia, tem um caráter extremamente essencial: ajudam as pessoas a atravessarem essa crise com mais força interior, permitindo o combate à depressão e outros males da alma”, discorre o prefeito, que se assume como um líder cristão.

O funcionamento dos templos em Campina  Grande está tratado no quinto artigo e seu parágrafo único do Decreto Municipal 4.563, publicado na edição do Semanário desta sexta-feira, 12:

_Art.  5º.  No  período  de  que  trata  o  presente  Decreto,  as  igrejas  e  instituições  religiosas,  por se  tratarem  de  atividade  essencial  que  atua  nos  âmbitos  espiritual  e  psicossocial,  e  que estiverem  seguindo  as  regras  sanitárias  em  vigor,  terão  seu  funcionamento  garantido, limitado  ao  percentual  de  30%  (trinta  por  cento)  de  sua  capacidade,  respeitando  um distanciamento  mínimo  de  2,0  m.

Parágrafo  único

Nos  casos  de  que  trata  o  caput  deste  artigo,  os  membros  de  núcleo  familiar com  convivência  permanente  não  precisam  observar  o  distanciamento  social, respeitando  os cuidados  e  protocolos  preventivos.

 

Redação

Notícias relacionadas

Após retorno das atividades em bares e restaurantes, Prefeitura de JP libera estacionamento na orla

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) informa, que a partir desta sexta-feira (23), está permitido estacionar nas vias à beira mar das praias do Cabo Branco, Tambaú, Manaíra e…

OPINIÃO: doentes e idosos são massacrados na fila de vacinação. Alô, Ministério Publico!

No começo foi tudo uma maravilha. Até uber pago pelo erário tinha disponível para o público carente de transporte. Eu até postei no Instagram um agradecimento ao governador e ao…