A Paraíba o tempo todo  |

Briga na bancada do MDB por conta de eleição do Senado, leva senador paraibano a assumir a liderança do partido

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A briga na bancada do MDB em decorrência da escolha do futuro presidente do Congreso Nacional, levou senador paraibano José Maranhão a assumir a liderança do partido no Senado.

O MDB tem apenas 13 senadores na próxima legislatura. Disputam a presidência da Casa, os seandores Renan Calheiros (AL) e Simone Tebet (MS). A escolha ocorrerá nesta quinta-feira.

Nessa refrega partidária, a senadora sentiu o poder de articulação de Renan e, parcialmente, jogou a toalha ontem ao renunciar à liderança da bancada.

O argumento por ela utilizado para largar a liderança foi a recusa do apoio ao voto aberto: “Há uma maioria que acha que a votação é fechada. Eu, num processo de democracia, não tenho problema de externar o meu voto e declarar voto aberto. Consequentemente, como a maioria pensa de um jeito e eu penso de outro, renunciei à liderança do MDB por não comungar com a maioria”, justificou Simone.

 

PB Agora

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe