Por pbagora.com.br

O Promotor de Defesa dos Direitos do Cidadão, Valberto Lira, instaurou, nesta terça-feira (17), procedimento administrativo para convocar representantes dos bancos públicos e privados, localizados no município de João Pessoa, para que seja firmado um termo de ajustamento de conduta (TAC). O objetivo é dificultar a contratação dos “famigerados empréstimos” que são oferecidos a aposentados e pensionistas com mais de 60 anos de idade nos caixas de autoatendimento, uma vez que muitas pessoas estão se tornando alvos fáceis de golpes aplicados por familiares e por pessoas estranhas.Anexo matéria com foto.

 

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ouro Velho, no Cariri, é a única cidade da Paraíba sem registro de coronavírus

Após mais de 4 meses desde o primeiro caso registrado de coronavírus na Paraíba, apenas a cidade de Ouro Velho, no Cariri, ainda não confirmou nenhum caso da doença. Até…

Após retomada do transporte coletivo, JP já registrou 6 mil novos casos de covid-19

Há aproximadamente 30 dias, no dia 6 de julho, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, autorizou a retomada da circulação do transporte coletivo na Capital. A iniciativa fez parte…