O deputado Dr. Érico, do Cidadania, anunciou sua saída dos quadros do G11 na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) nesta quarta-feira (04) para poder disputar a prefeitura de Patos, nas eleições desse ano. Segundo o presidente do bloco na Casa, deputado Felipe Leitão (DEM), o parlamentar deixou o grupo ‘por livre e espontânea pressão’, já que correria o risco de ter a legenda negada para encarar a disputa municipal na morada do sol caso permanecesse no G11.

“Ele nos procurou, expôs seus motivos, nós entendemos. Ele disse que o partido o qual ele faz parte o chamou e exigiu a saída dele do G11. Caso ele se negasse, ele poderia não ter legenda para disputar a prefeitura de Patos. E esse é um sonho que o doutor Érico tem, que é governar a cidade, pelo menos ser pré-candidato. Então a gente jamais vai querer o sacrifício de amigo. Por isso nosso grupo não fez nenhuma objeção. Se ele tem um grande sonho, acho mais do que justo ele sair do bloco. Aqui não fica nenhuma sequela”, ressaltou.

Indagado se acreditava na existência de interferências externas, Leitão disse que sim, mas preferia não polemizar.

“Os fatos estão aí muito claros para que todos possam analisar. Interferências externas para tirá-lo do bloco houve, isso não há como negar, mas não quero condenar nem julgar ninguém. Doutor Érico é de maior, sabe o que faz. Ele teve que deixar o grupo por livre e espontânea pressão”. emendou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João mantém suspensão de expediente presencial nas repartições públicas

O governador João Azevêdo prorrogou a suspensão do expediente nas repartições públicas estaduais até o dia 19 de abril. O decreto 40.168 foi publicado na edição deste sábado (4) do…

Opinião: o fim de uma época de ouro do jornalismo paraibano com o fechamento do Correio da Paraíba

“A vida é um soco no estômago”, como certa vez escreveu Clarice Lispector em diálogo intimista de nome “A Hora da Estrela”. Sim, fui atingido por um meteoro e lançado…