Por pbagora.com.br

O governador João Azevêdo  (Cidadania) falou nesta quarta-feira, 29, na TV Cabo Branco, sobre a reabertura de comércios e shoppings da Paraíba mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus e reforçou que essa medida é praticamente impossível de ser realizada de imediato, assim como o fim do isolamento social.

O gestor estadual citou o exemplo de Florianópolis que flexibilizou a abertura de shoppings e os casos do covid-19 crescerem exponencialmente após isso.

Azevêdo disse ainda que o estado tem analisado, porém o prazo para que o comércio, escolas e shoppings voltem a funcionar sem restrições não pode ainda ser definido.

“Não vejo com muita possibilidade de retomar esse processo. Vemos que em estados que fizeram isso o número de casos aumentou. Não se tem previsão de se fazer uma abertura geral. Sabemos que é impossível. Florianópolis abriu os shoppings e os números triplicaram. É uma conta que não fecha. O Brasil passou 40 dias para ter mil mortes e hoje temos mil mortes a cada dois dias” pontuou.

Vale lembrar que ainda hoje o governador se reunirá virtualmente com o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, o de Campina Grande, Romero Rodrigues e o presidente da Famup George Coelho para tratar justamente sobre essas medidas restritivas no estado.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bolinha ironiza risco de ficar de fora da disputa pela PMCG após impasse no registro: “Moído do povo de Bruno”

Pré-candidato do PSL à prefeitura de Campina Grande, o empresário Artur Bolinhda, do PSL, em entrevista à reportagem do PB Agora, neste fim de semana, ironizou a possibilidade de ficar…

Walber vira chacota no Antagonista, Band e até Estadão após ‘defender corrupção’

O pré-candidato à prefeitura de João Pessoa, Walber Virgolino (Patriota) caiu nas graças da mídia nacional nas últimas horas após uma declaração infeliz feita ontem, quinta-feira (17), durante o primeiro…