Por pbagora.com.br

Após quase um ano do atropelamento do pedreiro Valdeci Pedro de Brito, de 43 anos, na avenida principal Quadramares, saiu a decisão sobre o caso. Segundo fontes, após a morte de Valdeci, a família esta passando necessidade.

No processo sobre o caso o Juíz Ricardo da Silva Brito, impõe que o acusado de atropelar Valdeci pague um salário minimo a família da vítima até a conclusão do julgamento.

Entenda o caso 

Valmir que seguia na faixa preferencial para bicicletas, por volta das 6 horas do dia 01/01/2020, foi surpreendido pela invasão do veículo Renault Capture onde estava uma família que voltava de uma festa de reveillon. A vítima foi encaminhada em estado grave para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no dia 02/01/2020.

 

Redação com PolêmicaPB

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homem fica ferido ao capotar o carro que conduzia na BR-230

Nesta quarta-feira (20), um homem de 48 anos ficou ferido após capotar o carro que conduzia na BR-230. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrência, a vítima…

PMCG rebate informações sobre ‘fura fila’ na aplicação da vacina contra a covid-19

A Secretaria de Saúde de Campina Grande emitiu nota no início da tarde desta quarta-feira (20) onde refutou denúncias de que na fase inicial de campanha de imunização contra a…